Homem é condenado a três anos de reclusão por furto de energia elétrica em Jequié
Siga nossas redes

Busque no site

Publicidade

Notícia

Homem é condenado a três anos de reclusão por furto de energia elétrica em Jequié

Justiça proferiu a sentença no início de agosto. Condenado era proprietário de um bar que estava ligado clandestinamente

Leitura: 2 minutos
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

O furto de energia é um crime tipificado no Código Penal Brasileiro, com pena que pode chegar a oito anos de reclusão, e a Neoenergia Coelba atua para que o ato não fique impune. No início do mês, por exemplo, o dono de um bar localizado no município de Jequié, no Oeste da Bahia, foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Estado a três anos de reclusão pelo ato ilegal. A juíza do caso determinou, ainda, o pagamento de multa relativa à fraude.

A ligação clandestina foi encontrada na unidade durante operação da Neoenergia Coelba em conjunto com a Polícia Civil, em 2019. À época, os técnicos da distribuidora verificaram que o bar estava autoreligado, ou seja, a distribuidora havia suspendido o fornecimento do imóvel e o proprietário religou sem autorização da concessionária de energia elétrica.

“Este é mais um caso em que a distribuidora atuou junto com as autoridades competentes para punir devidamente o crime de furto de energia. Em 2023, foram instaurados 51 inquéritos policiais para investigar as práticas e responsabilizar quem cometeu a fraude”, destacou a gerente do Departamento Jurídico da Neoenergia Coelba, Maria Helena Farias.

Prejuízos e denúncias

O furto de energia representa um risco para a população e para quem o realiza. Por ser feito por alguém não autorizado e sem treinamento, o material utilizado pode ficar energizado, fazendo com que as pessoas estejam suscetíveis a choques. Além disso, os “gatos” representam uma carga não dimensionada no sistema de distribuição, podendo causar uma sobrecarga na rede e interromper o fornecimento de vias, bairros e, até mesmo, cidades.

Por estes motivos, é importante a denúncia de fraudes e furtos de energia. O apoio da comunidade é essencial para identificar os desvios e acionar a distribuidora. As denúncias podem ser feitas de forma anônima através do telefone 116 ou pelo site da Neoenergia Coelba na parte de Serviços, na aba Denúncia de Irregularidade.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Quer anunciar? Clique aqui

*Com Agência de Notícias

Veja também

Notícia

Neoenergia Coelba registrou 435 ocorrências relacionadas ao furto de cabos nos primeiros seis meses do ano

Saúde

Em estudo nos EUA, participantes que reduziram a ingestão de fontes de carboidratos simples (como massas e doces) tiveram crises menos frequentes do problema

Notícia

Benefício é destinado aos consumidores que não atingirem um valor mínimo na conta mensal. Iniciativa visa oferecer um fôlego adicional aos clientes na gestão...

Notícia

Com 30 mil inscritos, iniciativa ensina sobre o mercado de crédito de carbono por meio de game

Publicidade

Publicidade