em

Marketing e negócios on-line na pandemia

Saiba os benefícios do marketing digital para o seu negócio

(Imagem ilustrativa/Freepik)

O ano de 2020 tem sido muito atípico desde a chegada da pandemia e Covid-19, forçando pessoas e empresas a se adequarem ao novo cenário imposto, a fim de minimizar os impactos da crise gerada por ela.

A pandemia forçou mudanças de hábitos dos indivíduos em vários aspectos como a alimentação, locomoção, estudos, trabalho, na forma de se divertir e até mesmo na maneira de comprar. 

Com isso, as empresas de diferentes setores tiveram que alterar também a sua forma de trabalhar, para oferecer aos consumidores produtos e serviços adequados ao novo cenário.

Diante disso, a busca por ferramentas que auxiliem nas vendas tem aumentado. Neste texto você verá como o marketing e os negócios on-line podem beneficiar as empresas durante a pandemia.

(Imagem ilustrativa/Freepik)
(Imagem ilustrativa/Freepik)

Mudanças necessárias durante a pandemia

A pandemia de Covid-19 provocou impactos positivos e negativos no e-commerce e comércio de maneira geral, apesar de a maior parte dos empresários relatarem redução no faturamento.

Com o novo vírus ameaçando a saúde das pessoas e com a modificação da economia e relações de trabalho, ocorreu uma grande mudança de hábitos. Diante disso as empresas tiveram que se reinventar para sobreviverem ao novo cenário.

No entanto, as adaptações não são tão simples visto que a transformação digital exige uma série de modificações, sejam elas estruturais ou culturais.

Apesar dos esforços, muitos empresários sentiram ao longo desse período uma redução no faturamento ocasionado sobretudo pelo isolamento social.

Com isso, grande parte das empresas passou a apostar no marketing digital e nas vendas online para manter o faturamento.

Benefícios do marketing digital para o seu negócio

Nos últimos anos a internet vem ganhando cada vez mais espaço e, por isso, a transformação digital passou a ser praticamente obrigatória para as empresas que desejam se destacar.

No entanto, com a pandemia de Covid-19 isso se acentuou ainda mais visto que os clientes passaram a ficar em suas casas.

Sendo assim, as empresas agora tem que aplicar estratégias eficientes para chegar até os seus clientes e convencê-los a comprar on-line.

Por isso passou a ser essencial associar um bom site de compras com boas ferramentas de marketing digital. Os principais benefícios são:

  • A empresa passa a ter maior valor e mercado;
  • A conquista do ambiente on-line traz maior alinhamento com as tendências atuais;
  • Impulsiona as vendas do produto ou serviço, quando as campanhas são bem planejadas e aplicadas;
  • Um bom site e boas campanhas proporcionam maior visibilidade, sobretudo, quando as estratégias SEO são utilizadas;
  • A empresa pode se aproximar cada vez mais do seu público, estimulando assim um bom relacionamento e confiança cada vez maior;
  • As operações de venda são facilitadas;
  • O lançamento de produtos e serviços é otimizado por meio de campanhas bem definidas

No entanto, para a obtenção de todos os benefícios citados, é preciso contar com ferramentas eficientes na conversão de novos clientes para a empresa.

Há diferentes formas de lucrar com seu blog, mas para isso é necessário planejamento, formas de divulgação, escrever um midia kit e participar de um programa de afiliados, por exemplo. Dessa forma, com bom planejamento e a utilização de boas estratégias de marketing alinhadas ao negócio online, é possível sobreviver e até mesmo se destacar mesmo diante de um cenário desfavorável.

*Conteúdo colaborativo para o Folha Geral

Da Redação, com agência*

*Com Agência de Notícias
Envie seu conteúdo para análise editorial: redacao@folhageral.com.br
Conheça as condições em https://www1.folhageral.com/termos-e-condicoes

Hospital Municipal de Campanha do Anhembi foi inaugurado em abril (Foto: Edson Lopes Jr/Secom)

Médicos do Hospital de Campanha do Anhembi foram contratados sem saber num esquema suspeito de fraude

(Imagem ilustrativa/Freepik)

Seguro viagem é tão importante para a saúde quanto para economia