(Imagem ilustrativa/Freepik)
(Imagem ilustrativa/Freepik)

Os profissionais de TI (Tecnologia da Informação) se tornaram fundamentais dentro de empresas e órgãos públicos no cenário atual. Comumente, os estudantes que se formaram nos últimos tempos não possuem dificuldades em conseguir emprego e, geralmente, são bem remunerados.

Diversas empresas buscam, a cada dia, modernizar e automatizar o seu negócio para conseguir atender às demandas do mercado. Além das empresas privadas, diversos órgãos públicos necessitam desses profissionais capacitados, com intuito de desenvolver e aprimorar processos tecnológicos nesses setores. A tecnologia da informação tornou-se imprescindível nos dias de hoje e os órgãos também precisam se atualizar.

Diante desse cenário, a busca por profissionais de TI se tornou imprescindível. Portanto, os estudantes precisam estar atentos a essas demandas para conseguir melhores oportunidades. Diversos concursos públicos surgem como possível entrada no mercado de trabalho e possuem salários e benefícios atrativos. É recomendado ficar atento à abertura de novos editais para concursos no RJ, BA e em outros estados do país.

De acordo com pesquisa da empresa Brasscom (Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação), deve existir um déficit de 300 mil profissionais no ramo de TI até o ano de 2024. Esse dado aponta que, mesmo diante de um quadro de desemprego tão grande, a área de TI ainda terá uma demanda alta para suprir. Logo, assim como em concursos públicos, os profissionais também possuem grande oportunidade de trabalho em empresas privadas. 

Contudo, o estudo é um dos fatores mais importante para se qualificar e conseguir uma boa vaga de trabalho. No setor público, as áreas de atuação são vastas e as tarefas desempenhadas variam de acordo com a necessidade de cada instituição. Assim, qualquer especialização pode ser bem-vinda nesse cenário.

Outro ponto importante para o estudante de TI nesse mercado é o conhecimento sobre gestão pública e compreensão dos diversos setores envolvidos. Por exemplo, nesta área, quando o profissional necessitar de um orçamento para alguma automatização ou novos softwares, deve atentar-se aos gastos solicitados, pois trata-se de dinheiro público e o controle e prestação de contas devem ser prioridades.

Da Redação, com agência*

*Com Agência de Notícias