em

3 desafios das empresas brasileiras frente à permanência da Covid-19

Flexibilização na jornada de trabalho, integração entre jornada remota e híbrida, procura por talentos em várias partes do mundo e mais, conheça os desafios

(Imagem ilustrativa/Freepik)

O setor corporativo busca incansavelmente se reinventar em meio a pandemia, mas os impactos econômicos ainda são muito contundentes e, infelizmente, ainda provocam prejuízos. Flexibilização na jornada de trabalho, integração entre jornada remota e híbrida, procura por talentos em várias partes do mundo. Essas são algumas das medidas adotadas até agora. 

Entretanto, ainda existem alguns percalços a serem vencidos pelos gestores, pensando em novos modelos de negócios no futuro e, avaliando isso, veja alguns possíveis desafios do período pós-pandemia na sequência: 

Competitividade global

O que era impensado por uma empresa antes da pandemia ou pouco utilizado, se tornou algo extremamente possível. Se por um lado isso ampliou o leque para empresas, no sentido de poder contar com profissionais de qualquer parte do mundo, que podem agregar com uma bagagem corporativa diferenciada, por outro prisma isso impõe o desafio de consolidar uma cultura organizacional fortalecida.

(Imagem ilustrativa/Freepik)
(Imagem ilustrativa/Freepik)

Lidar com profissionais acostumados a diferentes métodos de trabalho e, ao mesmo tempo, ter que minimamente ajustá-los em processos internos do negócio, será um desafio grande para muitos gestores. Outro ponto importante são os benefícios e diferenciais empregatícios, como auxílio educação, plano de carreira, salário emocional e outros argumentos para manter os profissionais engajados. 

Integração de equipe remota

Mesmo com a progressão da imunização populacional, a doença ainda ameaça a integridade física das pessoas. Portanto, muitas companhias ainda não abriram mão do isolamento social. 

Essa situação tornou o teletrabalho em um mecanismo interativo e funcional por vários motivos, como a não necessidade de ter que se deslocar em um trânsito na grande cidade, não se expor ao vírus, maior interatividade com seu lar, entre outras razões. 

Em meio a essa nova cultura do trabalho remoto fazer com que estes colaboradores tenham proximidade para conduzir projetos e trocar experiências é mais um desafio muito necessário. 

Algumas empresas estão estudando manter suas operações funcionando remotamente. Porém, isso tem um peso e pode passar a sensação de ausência de pertencimento da organização, em função da distância. 

Absorção de novas habilidades

Um ambiente organizacional exige a implementação de novas mudanças e desenvolvimento de novas habilidades. Investir na qualificação constante dos profissionais, mesmo a distância, é papel das organizações, no sentido de manter o elevado nível de excelência na prestação de serviços. 

O fato é que o período pós-pandemia apresenta uma série de desafios, mas também de oportunidades para as organizações no sentido de abraçar novos projetos e implementar modelos de negócios inovadores, que viabilizem para elas o crescimento corporativo.

Avalie o conteúdo

Time Casa Malibu 2021 (Foto: Divulgação)

Casa Malibu estreia na próxima segunda

(Foto: Divulgação)

Bahia registra 2.025 novos casos de Covid-19 e mais 44 óbitos pela doença