em

Como se dar bem em sites de relacionamento

Especialista dá dicas e afirma que a persistência é a palavra chave!

Ilustração. Foto: Arquivo/Folha Geral

Aproximando pessoas que talvez nunca tivessem a oportunidade de se conhecer, o ambiente online tem demonstrado ser o preferido pela maioria dos internautas e um terço das pessoas solteiras, divorciadas e viúvas no mundo como ferramenta para encontrar um novo parceiro. “Ter uma conta em sites de relacionamento é um pré-requisito para quem quer ampliar as suas possibilidades de escolha com muita praticidade”, afirma Jennifer Lobo, matchmaker, CEO e fundadora da plataforma de relacionamentos MeuPatrocínio. Segundo a especialista, “os aplicativos facilitam os encontros, mas o processo de atração, empatia e amor continua o mesmo. Os relacionamentos iniciados em aplicativos podem dar certo, basta o usuário saber o que procura, vivenciar o momento e, principalmente, não desistir no primeiro fracasso. Outros poderão vir até que a pessoa com o perfil desejado apareça. Persistência é a palavra mágica. Se o relacionamento irá ou não prosperar depende dos parceiros”.

Para Jennifer, existem algumas “regras básicas” para quem quer se dar bem e tirar o melhor proveito dos sites de relacionamento:

  • Utilize fotos atuais e valorize o “poder do olhar”: sorrir com os olhos na foto principal é um convite para uma análise mais minuciosa do seu perfil;
  • Prepare um perfil bem redigido e peça ajuda se precisar: exponha as suas principais características com um toque de humor. Preserve certo ar de mistério a ser desvendado por aqueles que conseguirem uma aproximação mais efetiva;
  • Antes de sair do mundo virtual para o real, verifique atentamente as informações a respeito do (a) candidato (a). Use todas as fontes disponíveis para pesquisar e saber um pouco mais;
  • Não adote uma postura passiva. Gostou do perfil? Tome a iniciativa e inicie uma conversa;
  • Seja paciente, nem todos estão 100% conectados o tempo todo: não fique cobrando respostas às suas mensagens. Você só irá demonstrar ansiedade e passará a imagem de uma pessoa desagradável;
  • Dê uma chance ao candidato (a): nem sempre uma primeira impressão negativa será confirmada. Evite julgamentos precipitados. Deixe a conversa evoluir antes de descartar;
  • Não despreze alguém que parece interessante só por causa da distância: você pode perder a oportunidade de conhecer alguém legal e viajar muito;
  • Deixe a empolgação de lado e verifique as ferramentas de segurança da plataforma: leia tudo o que é oferecido, inclusive para checar se os administradores têm a preocupação de eliminar perfis fakes. Seja muito seletivo (a) ao divulgar as suas informações pessoais e ao compartilhar suas fotos;
  • E o fundamental: se você não souber o que quer, terá muita dificuldade para encontrar alguém especial. Então, antes de mergulhar no mundo dos relacionamentos online, faça uma autoanálise e defina as suas metas!
PUBLICIDADE


Patrocinador
Loading...
PUBLICIDADE
Roberta Miranda e Júnior Pacheco. Foto: Nil Fernandes / Renato Cipriano - Divulgação

Cantora Roberta Miranda declara o sonho de ser mãe durante entrevista à Júnior Pacheco

Ilustração. Foto: Pixabay

Portal para consulta de pré-pagos por CPF está disponível para consumidores da Região Norte