em

Sinais de uma traição

Ilustração. Foto: Arquivo/Folha Geral

A suspeita de uma traição é algo que pode acabar com um relacionamento, além de causar um estado de tristeza e frustração na pessoa que desconfia da infidelidade do parceiro ou parceira.

Reconhecer os sinais de traição e investir em uma investigação especializada são alternativas para confirmar ou refutar de uma vez a existência de um caso extraconjugal e voltar a ter tranquilidade na relação.

8 sinais de uma traição

Os sinais de traição são quase universais, ajudando a identificar se o parceiro tem outra pessoa mesmo ou se está escondendo algo do cônjuge. Conheça a seguir os indícios mais frequentes.

1. Excesso de vaidade

Quando tem outra pessoa e está naquela fase de sedução, é comum que haja mais vaidade e preocupação com a aparência, o que pode motivar o início de uma academia, mais visitas no salão de beleza no caso delas, gastos a mais com roupas, entre outras. 

2. Redução do desejo sexual

Com um amante, a pessoa infiel tem um interesse reduzido em manter relações com o parceiro. A rejeição frequente ou falta de iniciativa são indícios de que o desejo sexual está sendo direcionado para outra pessoa.

3. Mudança no comportamento

As alterações comportamentais também estão entre os sinais de uma traição. O parceiro pode ficar mais distante e perder o interesse em atividades que antes gostava de fazer junto.

Além disso, muitas pessoas infiéis tornam-se mais prestativas e carinhosas como uma estratégia subconsciente para compensar o erro cometido.

4. Mais compromissos

Os horários nos quais os encontros extraconjugais acontecem justificam uma rotina com mais compromissos e com mudanças nos horários, como mais horas extras, bares com os amigos de trabalho, obrigações novas e outras.

Em geral, esses novos compromissos surgem em horários incomuns, como à noite e aos finais de semana, e são pouco explicados.

5. Saídas frequentes

Você pode achar que uma ida ao banco ou supermercado é muita rápida para dar tempo de uma traição, mas pessoas infiéis usam pequenas e constantes saídas do dia a dia para conversar ou programar encontros extraconjugais.

Portanto, se essas saídas se tornarem frequentes e sem muitas explicações é preciso ficar atento sobre os demais indícios de traição.

6. Cuidado com o celular

Atualmente, o celular tornou a traição mais fácil, pois é mais prático entrar em contato, agendar encontros ou mesmo conhecer uma nova pessoa por meio da internet.

Assim, um dos indícios é uma preocupação constante com o celular, como apagando os históricos, colocando senha no celular ou mesmo em aplicativos específicos, não deixando as redes sociais conectadas no computador comum ou carregando o dispositivo o tempo todo.

7. Mais ciúmes

Não é incomum que o parceiro infiel queira direcionar as desconfianças ao companheiro quando está cometendo uma traição, além de ficar mais desconfiado de que o cônjuge pode adotar o mesmo comportamento que ele.

Dessa forma, o parceiro torna-se mais ciumento, querendo justificar as próprias atitudes no comportamento da outra pessoa.

8. Irritação frequente

Ao trair, a pessoa torna-se menos propensa a dividir as coisas da própria vida, mesmo aquelas que não estão diretamente relacionadas à traição. Assim, perguntar sobre o dia, o trabalho e as amizades pode motivar uma irritação desproporcional.

Outra questão é que por estar constante com receio de ser descoberta a pessoa torna-se mais irritadiça, o que pode aumentar as brigas do casal.

Destaca-se que apenas um desses sinais não indica uma traição, mas a soma de diferentes indícios demanda maior atenção, inclusive com a contratação de um detetive particular para uma investigação mais detalhada.



Patrocinador
Loading...
Foto: Divulgação

Maiara e Maraisa fazem uma homenagem a sertanejos dos anos 90 em mais um lançamento do EP “Aqui em Casa”

Foto: Divulgação

César Menotti & Fabiano lançam EP “Verdades” e anunciam novo DVD para 2020