em

Ano novo, vida nova: como começar um novo negócio em 2022

Quais são os passos para tirar seu sonho do papel e torná-lo real

(Imagem ilustrativa/Freepik)

Empreender é o sonho de muitas pessoas: controlar o seu próprio tempo, colocar seus desejos fora do papel, conquistar sua independência financeira e fazer o que realmente gosta. De acordo com dados da PNAD e do relatório GEM Brasil 2014, há em torno de 45 milhões de empreendedores no Brasil – os números foram analisados com base em pesquisa feita na faixa etária de 18 a 64 anos. 

Para começar a empreender, é importante que tenha planejamento, estudo e ao menos uma base financeira para começar a engrenar no mercado financeiro até começar a obter lucro. O fato é que montar um plano de negócios para começar a empreender se faz necessário, como desenvolver uma documentação com estudos de público-alvo, objetivos da empresa, custos, modelo de negócio, plano operacional, plano de marketing, planejamento financeiro, definição de produto e serviços e, claro, o nome da empresa e a área de atuação escolhida. Estes são os primeiros passos para começar uma empresa do zero.

Estude o seu público-alvo para atingir exatamente as pessoas que irão comprar o seu produto, sabendo faixa etária, gênero, localização, lifestyle e faixa salarial, para que nos próximos passos desse estudo o empreendedor consiga desenvolver estratégias de marketing para se comunicar com o seu público e também que essa estrutura consiga precificar os seus produtos e vendê-lo com maior facilidade.

Para dar início a uma empresa, não precisa necessariamente de uma ideia genial, mas ela precisa se destacar perante ao mercado e aos seus concorrentes para chamar atenção do seu público-alvo. Se fazer alguns questionamentos e colocá-los no papel para que a sua empresa obtenha sucesso. Tais perguntas como: sua empresa oferece algum benefício para o meio ambiente? Qual o conceito da sua empresa? Existe concorrência nas proximidades?

Começar uma empresa do zero requer conhecimento; portanto, conheça o mercado no qual pretende atuar e busque de preferência a área profissional na qual já tenha conhecimento suficiente para empreender. 

Após toda essa base para dar início ao empreendedorismo, abrir a empresa é o próximo passo. Existe a opção de ser MEI (Microempreendedor Individual); assim, terá como emitir nota fiscal e estar em dia com a parte contábil. Inclusive, um ponto importante é consultar o CNPJ da empresa para avaliar se está tudo em dia e evitar surpresas negativas no nome do negócio.

Se o seu sonho é “ser o seu próprio chefe”, empreender é uma oportunidade de colocar os seus desejos em prática e torná-los reais. Para isso, basta analisar suas condições financeiras atuais e ter dedicação para alcançar o sucesso.

*Este post foi criado por um colaborador. Envie seu post!

Avalie o conteúdo