em

UNIFASB promove evento de culminância do projeto que cuida da saúde de pessoas com deficiência

Foto: Divulgação
UNIFASB promove evento de culminância do projeto que cuida da saúde de pessoas com deficiência. Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A primeira temporada do ‘LASF Inclusiva’, projeto concebido pela Liga Acadêmica de Saúde da Família (LASF) do Centro Universitário São Francisco de Barreiras (UNIFASB), foi concluída na tarde desta quinta-feira (05), na sede do Movimento de Inclusão pela Qualificação do Especial Independente (MIQUEI), instituição dedicada à defesa dos direitos e inclusão social de pessoas com deficiência. As atividades se desenvolveram, ao longo do segundo semestre deste ano, com palestras sobre saúde mental e corporal e atendimento pelos estudantes de Medicina, com o apoio dos exames laboratoriais dos pacientes realizados pelos acadêmicos de Biomedicina da instituição.

UNIFASB promove evento de culminância do projeto que cuida da saúde de pessoas com deficiência. Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Janinne Pires Farias, surdo-cega, professora da MIQUEI, acredita na força da parceria com o UNIFASB que tem o poder de transformar vidas. “Convidamos as pessoas para conhecerem o trabalho, aprender as linguagens, para que também possam colaborar com as nossas ações”, disse, por meio da intérprete, Juliana Jéssica Fernandes. A diretora da MIQUEI, Aida Okawati, percebe os avanços obtidos devido à realização do projeto. “Além da MIQUEI, esse projeto beneficia os alunos e a própria sociedade. Então, é uma troca muito boa”, comemorou. Com o apoio de pessoas e entidades, a MIQUEI promove a formação e a inclusão sociocultural das pessoas com deficiência com aulas de braile, capoeira, música, dança, teatro, expressão artística e criativa.

UNIFASB promove evento de culminância do projeto que cuida da saúde de pessoas com deficiência. Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

“Dentro do projeto atendemos pacientes com Síndrome de Down, autismo, hiperatividade, déficit de atenção e retardos diferenciados. Se, por um lado, os estudantes aprendem muito ao acompanhar o atendimento de um médico aos pacientes com deficiência, por outro lado, os pacientes recebem um atendimento cuidadoso e personalizado”, observou a professora Juliana Santana, uma das coordenadoras da iniciativa. Ela enfatizou que o projeto vai contribuir para o futuro do atendimento e tratamento de pessoas com deficiência na região. “Estamos trabalhando com os novos profissionais da área de saúde para um atendimento direcionado para esse público”, finalizou.

UNIFASB promove evento de culminância do projeto que cuida da saúde de pessoas com deficiência. Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Para a professora Marina Siqueira, que coordenou o trabalho dos estudantes, a iniciativa vem promovendo o aprendizado de outras habilidades por parte dos acadêmicos. “Estamos estimulando o aprendizado de libras para aperfeiçoar a comunicação com os pacientes. É, também, um momento propício para que eles percebam a abordagem específica que devemos ter com os pacientes com deficiência”, lembrou. Campanhas nacionais, a exemplo do Setembro Amarelo, Outubro Rosa e Novembro Azul, também fazem parte das palestras e atendimentos médicos no projeto “LASF Inclusiva”.



Patrocinador
Loading...
Ilustração. Foto: Pixabay

Bahia ganhará novo investimento com inauguração de reforço da Subestação Barreiras II na próxima terça-feira (10)

Ilustração. Foto: Folha Geral

Sete filmes para assistir com os filhos e ensinar sobre finanças