em

Olodum 40 anos de samba reggae na Concha Negra

Grupo segue comemorando suas quatro décadas sendo um dos maiores representantes da cultura afro-brasileira

Olodum 40 anos de samba reggae na Concha Negra. Foto: Magali Moraes
Banda Olodum. Foto: Magali Moraes

O Olodum tem o que celebrar. Nascido no Pelourinho, centro histórico de Salvador, em 25 de abril de 1979, o grupo segue comemorando seus 40 anos de uma história que o consagrou como um dos maiores representantes da cultura baiana e afro-brasileira. No próximo dia 11 de janeiro, a data será celebrada no palco da Concha Negra, na Concha Acústica, com um show que relembrará os grandes sucessos.

Canções como Faraó, Avisa lá, Rosa, Deusa do Amor e Protesto Olodum, além das inéditas O Nome da Rosa, A Ver Navios, Minha Tez e Sereia farão parte do repertório do grupo que canta as profundas mudanças sociais, ambientais e civilizatórias do país.

A apresentação faz parte da turnê “40 anos de Samba-Reggae”, que este ano já esteve na Argentina, Gana (África) e circulará o Brasil e o exterior em 2020, até chegar ao lançamento do EP ”Olodum 40 anos”.

Considerado como o movimento musical que foi o divisor de águas da musica baiana nos anos 80, Olodum segue fazendo história. Música das ruas, do carnaval, da cultura e da luta contra o racismo, nascida no coração de Salvador, cenário natural da aventura musical que é o grupo.

Considerada patrimônio imaterial de Salvador, dos baianos, brasileiros e pessoas do mundo inteiro, o grupo ganhou sonoridades diferentes, transformou a musicalidade africana calcada na percussão e originou novos ritmos, como o Ijexá, Samba, Alujá, Reggae, Forró e se transformou numa expressão viva do samba-reggae.

O Olodum conquistou o mercado musical e se transformou numa das bandas percussivas de maior sucesso no Brasil e internacionalmente. A banda já percorreu cerca de 40 países, lugares como França, Estados Unidos, Alemanha, Itália, Suíça, Inglaterra, Argentina, Espanha, Eslovênia, Canadá, Japão, Chile, Cuba, Angola, Senegal, Benin, Portugal, Irlanda, Turquia, Israel, Finlândia, México, Martinica, Coréia, Senegal, Uruguai, África do Sul e China.

Já encantou artistas como Michael Jackson, Linton Kesey Johnson, Paul Simon, Julian Marley, Alpha Blondy, Ziggy Marley, The Platters, Gal Costa, Caetano Veloso, Xuxa, Ivete, Cidade Negra, Caetano, Gil, Tim Maia, Jorge Ben, Elba Ramalho, Daniela Mercury e Carlinhos Brown. Conquistou títulos como de Torcida Oficial da Copa do Mundo e os percussionistas já estiveram em duas aberturas de jogos mundiais.

Olodum 40 anos de samba reggae na Concha Negra. Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Serviço
Olodum 40 anos de samba reggae no Concha Negra
Convidados: Adão Negro e Ana Mametto
Quando: 11/1 (sábado)
Horário: 18h30
Onde: Concha Acústica do Teatro Castro Alves
Endereço: Praça Dois de Julho, s/n, Campo Grande, CEP 40080-121 – Salvador – Bahia
Quanto: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)
vendas: bilheteria do Teatro Castro Alves, nos SACs dos shoppings Barra e Bela Vista, ou no site do Ingresso Rápido.

Informações: 71.3321-5010



Patrocinador
Loading...
Ilustração. Foto: Arquivo/Folha Geral

Atividades aeróbicas auxiliam no metabolismo e hipertrofia

André Melo. Foto: Reprodução / MF Press Global

Amor sem igual: novela terá cenas fortes de luta protagonizadas por ator de Tropa de Elite