em

Maiara e Maraisa fazem uma homenagem a sertanejos dos anos 90 em mais um lançamento do EP “Aqui em Casa”

Faixa “Caipora” também foi liberada hoje nas plataformas digitais

Para quem cresceu ouvindo música sertaneja nos anos 90, como Maiara e Maraisa, o novo lançamento da dupla vem com gostinho de nostalgia. As Irmãs lançaram nesta quinta-feira (12) nas plataformas digitais um pot-pourri com sucessos dos anos 90, incluindo as músicas “Cheiro de Shampoo” (1993) e “Sou Eu” (1992), gravadas por Chrystian e Ralf, “Sonho por Sonho” (1998), eternizada nas vozes de Leandro e Leonardo, e “Cara ou Coroa” (1992), sucesso de Zezé Di Camargo e Luciano. “São músicas que fizeram parte da nossa infância, crescemos ouvindo e resolvemos fazer uma homenagem e matar a saudade dessa época”, diz Maiara. 

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Além do pot-pourri, a dupla lançou também “Caipora”, onde canta sobre traição, mais especificamente quando o arrependimento bate em quem traiu. É a quinta faixa inédita do EP “Aqui em Casa”. 

Depois do sucesso do DVD “Reflexo”, gravado em São Paulo, a dupla apostou em um trabalho mais intimista. “A gente veio de projetos grandes e achamos que tinha chegado a hora de mostrar o nosso outro lado, como somos por trás dos palcos”, diz Maraisa. 

Na verdade, o quintal da casa das irmãs em Goiânia foi transformado em palco, sem grandes produções, com um bom churrasco de chão e uma roda de amigos. “A gente estava super à vontade, eu coloquei um short e uma camiseta, a Maraisa pegou uma roupa minha, nos arrumamos no quarto e em cinco minutos estávamos gravando”,
brinca Maiara. 

O clima descontraído ajuda a ambientar o repertório, que traz músicas que falam de situações do cotidiano. O EP conta com 8 faixas no total, que estão sendo disponibilizadas uma por semana. A primeira a ser lançada foi “Ai Eu Bebo”, que está em primeiro lugar no ranking das mais pedidas das rádios e já ultrapassou 23 milhões de visualizações no canal do Youtube. A dupla também já lançou “Minha Pessoa Errada”, “Oi Sumido” e “Quarto de Cabaré”.

Confira “Caipora”:

CAIPORA
(Lari Ferreira)

Senta aqui nessa cadeira
Que eu vou te contar uma besteira
Que eu fiz com a minha vida
Eu perdi uma pessoa aí
Depois dessa proeza tem uma sexta
Na minha segunda todo dia
Eu bebo sem nenhuma moderação
A minha casa é a calçada daquele portão
Eu to vivendo de cachaça e tira gosto de salame
Com uma pitada de saudade e de vez em quando eu do uns vexame
Quando eu acho que esqueci piora
Fumando mais que caipora
Secando quase um alambique
Ele disse traição não tem perdão desiste
Quando eu acho que esqueci piora
Fumando mais que caipora
Secando quase um alambique
Eu queria que ele que tivesse me botado chifre

PUBLICIDADE


Patrocinador
Loading...
PUBLICIDADE
Thaeme e Thiago. Foto: Reprodução/Instagram

Thaeme & Thiago trazem sertanejo para o Carnaval de São Paulo

Ilustração. Foto: Arquivo/Folha Geral

Sinais de uma traição