in

Eduardo Costa lança marca própria de produtos

Loja online tem opções de vestuário e acessórios masculinos e femininos

O cantor Eduardo Costa lançou nessa terça-feira (10) uma loja virtual com produtos de vestuário e acessórios que levam o seu nome, a EC Company. A marca nasce com a proposta de vestir homens clássicos com estilo básico e criativo, com tecidos nobres que trazem conforto para usar no dia a dia, seja na cidade ou no campo.

Eduardo Costa lança marca própria de produtos. Foto: Divulgação
Eduardo Costa. Foto: Divulgação

“Após conhecer melhor Eduardo Costa consegui observar um homem muito vaidoso, antenado a moda e com uma vasta sabedoria sobre o assunto, além do declarado amor incondicional por cavalos, campo e por natureza. Após um bate papo informal resolvi questionar o porquê de não lançar ao mercado uma marca com todo o estilo e conforto que ele tanto buscava”, diz Denise Vaz, sócia de Eduardo no negócio.

Com a proposta de uma marca que reflete o estilo do cantor, a EC Companyreflete a cultura sertaneja de forma atualizada, descolada e antenada. Proporciona elegância sem abandonar as raízes e a essência de quem aprecia o jeito humilde e simples que vem do campo.

“Eu sempre gostei de me vestir bem e ao mesmo tempo estar confortável, porque quando não estou no palco cantando, estou na fazenda ou em meio a natureza. Por isso fiquei muito satisfeito com o resultado da coleção e muito feliz com essa nova empreitada. Muito mais que moda, eu quero que a EC Company represente o meu jeito autêntico de ser”, conclui Eduardo.

Eduardo Costa lança marca própria de produtos. Foto: Divulgação
Eduardo Costa. Foto: Divulgação
Eduardo Costa lança marca própria de produtos. Foto: Divulgação
Eduardo Costa. Foto: Divulgação
*Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Antes de comentar, leia os Termos e Condições de Uso.

Deixe sua opinião

PUBLICIDADE

Loading...
Imagem: Fernando Frazão/Arquivo Agência Brasil

Número de mortes violentas no país caiu 10,43% de 2017 para 2018

Na manhã do dia 11 de setembro, de 1973, Salvador Allende anuncia resistência ao golpe no Palácio La Moneda, no Chile. Foto: Luis Orlando Lagos Vásques

Neoliberalismo precisa da violência, diz historiadora sobre 46 anos do golpe no Chile