em

Turismo doméstico é a tendência que aponta crescimento gradual do setor

Você sabia que é possível fazer turismo sem sair do seu país de origem? Um máximo não é mesmo? Continue a leitura e saiba tudo sobre esse novo jeito de conhecer lugares

(Imagem ilustrativa/Freepik)

A pandemia da covid-19 fez com que vários países se adaptassem para não parar o turismo. A modalidade escolhida, foi o turismo doméstico.

Com o fechamento das fronteiras, a Europa, os Estados Unidos e a China se desenvolveram de maneira positiva para continuar movimentando o setor. Entretanto, com a pandemia cerca de 83% da entrada de turistas em territórios internacionais foi diminuída.

Você sabia que é possível fazer turismo sem sair do seu país de origem? Um máximo não é mesmo? Continue a leitura e saiba tudo sobre esse novo jeito de conhecer lugares.

Como a pandemia impactou o turismo?

O turismo pode ser considerado como o setor mais afetado durante a pandemia, e ainda, o mais difícil de ser retomado.

A dinâmica dos aeroportos sofreu mudanças ao redor de todo o mundo, além de medidas contra a covid-19, alguns destinos foram cancelados. As agências de turismo passaram a cortar recursos e correr riscos financeiros, afinal, a retomada do setor se tornou incerta.

O ano de 2020 foi marcado pelas perdas trilionárias, o lucro foi de apenas US$4,7 trilhões em receitas, apresentando uma queda de US$4,5 trilhões.

Por outro lado, em 2019, cerca de 96% das viagens foram feitas dentro do próprio país. A nova forma de viajar é bem vista pelos profissionais do ramo, e com o cenário atual, se tornou a aposta para reerguer o segmento.

Quais as previsões do setor ainda para 2021?

O setor de turismo espera terminar 2021 aquecido, a vacinação se tornou um fator determinante para a volta das atividades. De qualquer forma, é necessário ter paciência para chegar à receita obtida em 2019.

A aposta está nas viagens de fim de ano, com mais pessoas vacinadas a procura por passagens, diárias e pacotes estão crescendo. A expectativa é que as rotas aéreas cheguem a 90% até o final do segundo semestre de 2021.

(Imagem ilustrativa/Freepik)
(Imagem ilustrativa/Freepik)

O que é turismo doméstico e por que ele é importante?

De acordo com a definição da Organização Mundial do Turismo, o turismo doméstico é quando os residentes visitam o seu próprio país.  Tem como característica principal, auxiliar na produção de capital sem gastar a moeda nacional.

Com o avanço da pandemia, 2020 foi considerado o pior ano em relação ao turismo, apresentando uma queda de 73%. Sem poder viajar para o exterior, os turistas passaram a usufruir de seus países.

Segundo o Ministério do Turismo, a cada dez brasileiros que fazem viagens domésticas, apenas um vai para o exterior. Em suma, cerca de 30% dos custos com viagens internacionais ficam no Brasil, beneficiando empresas e companhias aéreas brasileiras.

 Turismo doméstico no Brasil

Em 2019, com a situação normalizada no Brasil, cerca de 11,7 milhões de passageiros viajaram para localidades internacionais, enquanto 95 milhões praticaram o turismo doméstico.

Com a crise turística em 2020, foi necessário uma reconstrução para que as viagens não parassem, o país chegou a sofre uma queda de 54,2% comparado a anos anteriores

Turismo doméstico no Mundo

A Organização Mundial do Turismo (OMT), afirma que o turismo doméstico está voltando em todo o mundo, mais rápido que as viagens internacionais. Isso representa novas oportunidades para que os países se recuperem.

Conforme as restrições para viagens começam a diminuir, os destinos do mundo se concentram em reverter os impactos sociais e econômicos que foram causados durante a pandemia.

Brasileiros se sentem confiantes com o Turismo Doméstico

Os brasileiros passaram a apresentar maior segurança para voltar a viajar. Uma pesquisa realizada no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, apontou que 71% dos entrevistados estão com viagens domésticas agendadas.

Com as férias de dezembro se aproximando, a expectativa é atingir 90% da capacidade voltada para os voos domésticos. Os destinos têm sido locais com muito sol e diversão como o hot beach olímpia e principalmente as praias.

Como ficará o turismo no cenário pós-pandemia?

O turismo foi sem dúvidas o setor mais afetado pela pandemia, além de ter sido um dos primeiros a sentir os impactos negativos com restrições, cancelamentos e fechamento de fronteiras.

No cenário pós-pandemia, podemos esperar turistas em buscas de destinos mais seguros, preferindo viagens domésticas. Com o aumento do home office, os viajantes estão optando por conciliar trabalho e lazer. Desse modo, o turismo será analisado pelos preços das viagens e os benefícios que pode oferecer em ocasiões distintas.

Por fim, a OMT orienta que os empresários passem a analisar ainda mais as oportunidades e utilizar ferramentas que salvem o seu negócio. É preciso inovar para fortalecer o turismo e se reerguer após a crise da pandemia do Covid-19.

Avalie o conteúdo

(Foto: Divulgação)

Bahia registra 830 novos casos de Covid-19 e mais 13 óbitos pela doença

(Foto: Reprodução/Ubisoft)

Veja os requisitos mínimos para jogar Far Cry 6 no PC