em

Estados Unidos e Austrália são os principais destinos de trabalho dos brasileiros, diz LinkedIn

Levantamento mostra a migração dos profissionais com base nas informações de perfil

(Imagem ilustrativa/Pixabay)
(Imagem ilustrativa/Pixabay)

Um levantamento do LinkedIn, a maior rede social profissional do mundo, mostra que houve um aumento de 273,59% na migração de profissionais brasileiros para os Estados Unidos entre maio de 2020 e abril de 2021, em comparação com o ano anterior. Logo em seguida, a Austrália aparece com um crescimento de 252,96% neste mesmo período. 

Dos 10 principais destinos, seis estão na Europa, dois na América do Norte, um na Oceania e um na América Latina.

Confira a lista completa de países para onde profissionais brasileiros estão migrando:

  1. Estados Unidos (+273,59%)
  2. Austrália (+252,96%)
  3. Alemanha (+194,43%)
  4. Espanha (+188,01%)
  5. Canadá (+177,58%)
  6. França (+162,59%)
  7. Argentina (+106,18%)
  8. Reino Unido (+98,60%)
  9. Irlanda (+55,42%)
  10. Portugal (+42,78%)

O estudo considera uma migração quando um(a) usuário(a) altera a localização no seu perfil do LinkedIn, o que pode significar uma mudança física e/ou um emprego remoto. Esta análise calcula a razão entrada-saída (número de entradas para o Brasil para cada saída). Em seguida, esses países são classificados do maior aumento ao maior declínio, com base na variação percentual na relação entre entradas e saídas entre maio de 2020 e abril de 2021, em comparação com o mesmo período do ano anterior.

Da Redação, com agência*

*Com Agência de Notícias
Envie seu conteúdo para análise editorial: redacao@folhageral.com.br
Conheça as condições em https://www1.folhageral.com/termos-e-condicoes

(Foto: Sesab)

Bahia registra 4.099 novos casos de Covid-19 e mais 130 óbitos pela doença

Emanuelle Góes é doutora em Saúde Pública pela Universidade Federal da Bahia (Foto: UFBA)

Aborto inseguro é uma das principais causas de morte materna e mulheres negras sofrem mais