em

Por que a falta e o excesso de vitaminas afeta a qualidade do sono

Descubra as razões que prejudicam essa hora tão importante do corpo humano

Ilustração. Foto: Arquivo Folha Geral/Freepik

O sono na vida de uma pessoa é muito importante, mas a qualidade dele está interligada à alimentação, em uma relação estreita com as vitaminas que nós precisamos. E se o sono não vem, isso pode acarretar uma série de problemas, pois o corpo fica desregulado. 

Um dado muito preocupante é o número de pessoas que têm dificuldades para dormir, que, de acordo com a pesquisa da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), são 73 milhões de pessoas. Acontece é que muitas pessoas tem escassez de vitaminas ou mais do que o necessário. Vamos entender o efeito de cada uma.

Vitaminas

Magnésio: Está relacionado com um efeito calmante em bebês e crianças; já nos idosos aumenta a duração do sono.

Zinco: As mulheres que dormem menos possuem menores quantidades no organismo. Então entende-se que o zinco afeta o sono. Vale lembrar que o zinco está presente em leguminosas, miúdos, fígados, carnes vermelhas, mariscos, frango e clara do ovo. 

Ferro: Bebês suplementados possuem um período maior na parte da noite. Ele geralmente é encontrado nos alimentos de origem animal, mas também em frutas com vitamina C. 

Vitamina B12: Ela é importantíssima no nosso organismo. Se estiver muito presente, a pessoa terá dificuldades para dormir, o que acaba encurtando o sono. A B12 é encontrada em ovos, leite, carnes e peixes. As pessoas que são veganas necessitam de suplementação.

Vitamina B6: Essa é a vitamina que ajuda a pessoa a relaxar — ela está no curso da serotonina, que é fundamental para o sono. É muito encontrada em nozes, levedo de cerveja, abacate, gérmen de trigo, aveia, banana e batata.

Vitamina D: Essa está ligada intrinsecamente à latência do sono, que significa o tempo que a pessoa demora para dormir após deitar na cama. É uma equação simples: quanto mais tempo a pessoa ingere esses alimentos, menos tempo ela fica na cama. A vitamina D ajuda a regular o sono, como se fosse um relógio natural. Ela pode ser encontrada em frutos do mar, carnes e peixes. Além disso, é sempre importante tomar Sol para ativar a vitamina.

Perda de peso

E não podemos esquecer que dormir bem auxilia na perda de peso, pois ajuda na normalização de hormônios como a grelina e a leptina, essenciais para controlar a fome, mas dormir menos de seis horas por dia aumenta a produção de hormônios do estresse, que aumenta o apetite e dificulta a queima de gordura.

PUBLICIDADE


Patrocinador
Loading...
PUBLICIDADE
A jurista Jacqueline Valles é mestre em Direito Penal e especialista em Criminologia. Foto: Divulgação

Denúncia contra Glenn não tem amparo legal e deve ser recusada

Foto: Divulgação/Abapa

Algodão baiano avança no cumprimento dos critérios de sustentabilidade em 2019