em

Curitiba espera fim de ano com movimento turístico igual ao da pré-pandemia

Isso porque é nessa época que as pessoas tiram férias do trabalho, das escolas e universidades, é época das festas de final de ano, de aproveitar o verão, passear e conhecer novos lugares

Ponta da Pita, Antonina, Paraná (Foto: Denis Ferreira Netto)

Não é segredo que a pandemia da COVID-19, iniciada em 2020, causou forte impacto em diversos setores, inclusive no turismo. Mas o cenário mudou e em 2021 a previsão é de um fim de ano com movimento turístico.  

Com o distanciamento social, a proibição de aglomerações, o alto número de casos e óbitos em razão do coronavírus, muitos pontos turísticos foram fechados e eventos cancelados. 

Segundo a Confederação Nacional de Comércio, Serviços, Bens e Turismo (CNC), o setor acumulou perdas de R$87,7 bilhões em apenas três meses, desde que a pandemia começou.

Mas com o avanço da vacinação, a expectativa para o turismo 2021 é alta. Em Curitiba, por exemplo, esse setor já apresenta a volta das atividades, principalmente na procura de passagens para Curitiba, com foco no turismo de lazer e, no final do ano, a esperança é que cresça ainda mais. 

Isso porque é nessa época que as pessoas tiram férias do trabalho, das escolas e universidades, é época das festas de final de ano, de aproveitar o verão, passear e conhecer novos lugares. 

Ponta da Pita, Antonina, Paraná (Foto: Denis Ferreira Netto)
Ponta da Pita, Antonina, Paraná (Foto: Denis Ferreira Netto)

Pontos turísticos em Curitiba 

De acordo com a presidente do Instituto Municipal de Turismo, Tatiana Turra, a capital paranaense, antes da pandemia, estava em evolução e apresentava bons resultados a cada ano. Em 2018, Curitiba recebeu 92,2 mil turistas e em 2019 foram 106 mil.

Não é à toa que tantas pessoas querem passear por Curitiba, conhecida como “cidade do sorriso e de muito pinhão”, ela possui diversos pontos turísticos e atrações de final de ano. Alguns dos pontos turísticos mais visitados são:

  • Museu Oscar Niemeyer (MON);
  • Ópera de Arame;
  •  Largo da Ordem;
  • Jardim Botânico;
  • Santa Felicidade; 
  • Parque Barigui;
  • Parque Tingui;
  • Centro histórico; 
  • Museu do holocausto;
  •  Museu Egípcio Ordem Rosacruz;
  • Teatro HSBC – Palácio Avenida.

Veja também: Quais foram os destinos nacionais e internacionais mais procurados entre 2020 e 2021?

Fim de ano com movimento turístico

Com a vacinação contra a COVID-19 e as medidas de proteção flexibilizadas, o brasileiro se sente mais seguro para passear e as pessoas de fora do país também, isso reflete positivamente no setor turístico.

Principalmente em Curitiba, além dos diversos pontos para visitar, há também as atrações de Natal, que são bastante convidativas para os visitantes. 

Nesse período, o Natal de Curitiba – Luz dos Pinhais é bastante procurado. O evento terá 53 dias de atrações natalinas, e ficará disponível até o dia 9 de janeiro de 2022.

O plano agora é tentar conseguir atingir o mesmo número de turistas que vinham visitar a cidade antes da chegada da pandemia.

*Este post foi criado por um colaborador. Envie seu post!

Avalie o conteúdo