A roteirização de entregas é um processo que consiste em planejar, estudar e avaliar os trajetos mais adequados para realizar as entregas de um determinado produto ou serviço. Esse procedimento é importante porque garante agilidade, segurança e reduz custos na operação. 

Veja neste post como fazer uma bem eficiente.

Aproveite e entenda também: Open delivery: quais as vantagens para bares e restaurantes?

Por que a roteirização de entregas é importante?

A roteirização de entregas é uma forma eficiente de gerenciar recursos, economizar tempo e minimizar custos. Um bom planejamento da rota pode melhorar a produtividade dos funcionários, pois permite que eles saibam exatamente para onde ir e quando chegar lá.

Além disso, a roteirização de entregas ajuda a reduzir o tempo gasto com deslocamentos, melhorar a precisão das entregas e aumentar a satisfação dos clientes. Como resultado, as empresas têm um melhor controle sobre seus pedidos, diminuem os custos operacionais e obtêm uma maior rentabilidade.

A roteirização de entregas é importante porque permite que as empresas ofereçam serviços de entrega mais rápidos, precisos e seguros aos seus clientes. Ela também pode proporcionar vantagens competitivas com o uso de tecnologias avançadas para otimizar processos de entrega.

Com a roteirização de entregas, é possível melhorar os custos, reduzir a emissão de gases do efeito estufa e manter um serviço confiável durante todo o ciclo de vida dos produtos. Portanto, ela é uma ferramenta essencial para qualquer empresa que deseje oferecer um serviço profissional e eficiente a seus clientes.

Com a roteirização de entregas, as empresas podem analisar melhor os dados, além de obter informações precisas sobre fluxos de tráfego e usar ferramentas avançadas para rastrear pedidos e monitorar a entrega. De posse dessas informações, as empresas conseguem fazer previsões mais precisas e adaptar sua operação de acordo com o nível de demanda. 

Isso torna possível melhorar significativamente a experiência do cliente, pois oferece um serviço mais otimizado e confiável. É importante que as empresas invistam em soluções de roteirização de entregas para gerenciar seus processos logísticos com mais eficiência. 

Uma operação bem planejada melhora a gestão dos recursos, aumenta a produtividade dos funcionários e permite oferecer serviços de qualidade para os clientes. Fica evidente que a roteirização de entregas é essencial para qualquer empresa que deseje oferecer serviços profissionais e confiáveis aos seus clientes. 

Ela pode proporcionar vantagens competitivas, melhorar a gestão dos recursos e reduzir os custos operacionais de forma significativa. Portanto, investir em uma solução de roteirização é essencial para qualquer empresa que deseje oferecer serviços de qualidade aos seus clientes.

(Imagem ilustrativa/Freepik)
(Imagem ilustrativa/Freepik)

Como fazer uma roteirização de entregas

Agora que você já sabe por que a roteirização de entregas é importante, vamos discutir como fazer uma roteirização de forma otimizada. 

Confira:

#1 Trace um planejamento de entregas

Antes de mais nada, você precisa traçar um planejamento para as entregas. Esse planejamento serve para definir o tempo previsto para cada etapa da jornada do produto até chegar ao destino final.

É importante prever o tempo necessário para cada etapa e também incluir margem de segurança, pois imprevistos acontecem. Nesse sentido é importante ter a tecnologia como grande aliada. Utilizar um sistema de roteirização, por exemplo, pode ser de grande ajuda para otimizar esse processo.

#2 Estude o percurso

Após traçar um plano de entrega, é importante estudar bem o percurso. Veja qual a melhor rota para economizar tempo e dinheiro e explore todas as possibilidades.

Para conhecer as melhores rotas, aposte em um planejador de rotas. Ele tem a função de gerar rotas mais curtas, rápidas e seguras, deixando todo o processo muito mais ágil. Com isso você ganha tempo e economiza no custo das entregas, pois consegue calcular a quantidade de combustível e os quilômetros que serão percorridos.

Esse estudo também é importante para inclusive selecionar os melhores canais de distribuição.

#3 Avalie os pontos de parada

Depois de ter definido o percurso, é importante avaliar também os pontos de parada. Faça uma lista com todos os destinos que você vai visitar e trace um plano para cada entrega. Com essas informações em mãos, será mais fácil deixar os produtos nos locais certos e no melhor horário. 

É importante também levar em consideração as diferentes restrições de cada destino, como horário de funcionamento e as regras para acessar o local.

#4 Estime os custos

Estimar o que você vai gastar com combustível e taxas como pedágio ajuda a ter um orçamento mais realista e uma noção melhor do quanto cada entrega vai custar. Ter em mente os custos possíveis de cada etapa da entrega ajuda também na hora de determinar o preço do serviço para seus clientes. 

Dessa forma, você pode saber se vale a pena fazer uma entrega ou até mesmo se é mais viável contratar uma empresa terceirizada para prestar esse serviço.

#5 Acompanhe as atividades

Por último, é importante acompanhar todas as atividades e verificar se os objetivos estabelecidos estão sendo alcançados. Fazer um levantamento de informações como demanda, tempo médio de entrega, distância percorrida e custo e entre outras informações relevantes.

Isso ajuda a avaliar se as entregas estão sendo feitas de acordo com o planejado. Essas são algumas dicas para você conseguir realizar entregas de maneira otimizada. O uso da tecnologia e da estratégia certa ajudam muito no processo, pois tornam as coisas mais simples e fáceis de serem gerenciadas. 

Sucesso!

Paula Moraes

Colaboradora do Folha Geral - cada publicação é de responsabilidade da autora