Neoenergia Coelba investiu R$ 2,4 bilhões no sistema elétrico baiano em 2023
Siga nossas redes

Busque no site

Publicidade

Notícia

Neoenergia Coelba investiu R$ 2,4 bilhões no sistema elétrico baiano em 2023

Ao longo do ano, a distribuidora realizou 22 mil obras de ampliação e manutenção da rede elétrica, com mais de 205 mil novas ligações

Leitura: 3 minutos

Reafirmando seu compromisso com os clientes e a sociedade, a Neoenergia Coelba investiu R$ 2,4 bilhões no sistema de distribuição de energia da Bahia. Ao longo do ano, a distribuidora realizou aproximadamente 22 mil obras de ampliação e manutenção da rede elétrica, com mais de 205 mil novas ligações e a implantação de centenas de novas estruturas e equipamentos, como subestações, alimentadores e religadores – equipamentos que restabelecem de imediato o fornecimento, em caso de possíveis ocorrências. 

Visando ao desenvolvimento econômico da Bahia, a distribuidora reforçou sua operação com a criação de estrutura dedicada à realização de obras, para atender a ampliação de mercado e demanda crescente de novas conexões. Os processos também foram revisados com objetivo de proporcionar maior eficiência operacional e satisfação do cliente. Em 2023, duas novas subestações foram construídas em Olindina e Apuarena, e mais 11 subestações foram ampliadas. Além disso, mais de 202 km de novas linhas de subtransmissão em todo o Estado levam mais energia para os 6,6 milhões de consumidores da distribuidora. 

Os investimentos realizados pela Neoenergia Coelba resultaram na melhoria dos indicadores que avaliam a qualidade do fornecimento de energia O índice que afere a duração média de tempo que cada consumidor ficou sem energia elétrica foi de 10,7 horas em 2023. Já o índice que mede o número médio de vezes que cada consumidor teve interrupções, foi de 4,98 vezes. Ambos os resultados foram os melhores em toda sua série histórica e abaixo dos níveis exigidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). 

Além da expansão com esses novos ativos, a Neoenergia Coelba mantém um plano de robusto de manutenção, com mais de 80 mil quilômetros de rede elétrica inspecionada e melhorada na Bahia.  Ainda como medida preventiva, a Neoenergia Coelba executou cerca de 235 mil podas.

O trabalho realizado pela Neoenergia Coelba também teve impacto direto na universalização do fornecimento de energia para as comunidades baianas. Atualmente, no Programa Luz para Todos, a Neoenergia Coelba realiza a gestão do maior programa de eletrificação rural do país, com investimento acumulado de cerca de R$ 7,7 bilhões, com participação financeira da Distribuidora, do Governo Federal e do Governo Estadual, atingindo a marca de 713 mil ligações. 

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Ação ESG

A Neoenergia Coelba mantém as melhores práticas de ESG, com a valorização da diversidade, investimentos ambientalmente sustentáveis, contrapartidas sociais e governança sólida. Em 2023, no programa de eficiência energética, foram investidos R$ 42,9 milhões com a troca de 466 mil lâmpadas e instalação de 20 sistemas solares, totalizando 1,1 MWp de geração. No total, mais de 1.300 prédios públicos e institucionais foram contemplados. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Quer anunciar? Clique aqui

Também foi assinado um convênio com as Obras Sociais de Irma Dulce para instalação de um sistema de armazenamento de energia com capacidade de 1.800 kWh para abastecer o hospital, que permitirá reduzir cerca de 80% do seu consumo no pico. Com investimento previsto de R$ 11 milhões realizados pela Neoenergia Coelba, a instituição irá economizar cerca de R$ 1,5 milhão por ano. 

Tendo a segurança como valor inegociável, a distribuidora ampliou o programa Comunidade Segura, com 5.852 ações registradas para sensibilização das comunidades, alcançando mais de 485 mil pessoas diretamente com informações preventivas acerca dos riscos relacionados à rede elétrica.

*Com Agência de Notícias

Veja também

Notícia

Neoenergia Coelba registrou 435 ocorrências relacionadas ao furto de cabos nos primeiros seis meses do ano

Saúde

Em estudo nos EUA, participantes que reduziram a ingestão de fontes de carboidratos simples (como massas e doces) tiveram crises menos frequentes do problema

Notícia

Benefício é destinado aos consumidores que não atingirem um valor mínimo na conta mensal. Iniciativa visa oferecer um fôlego adicional aos clientes na gestão...

Notícia

Com 30 mil inscritos, iniciativa ensina sobre o mercado de crédito de carbono por meio de game

Publicidade

Publicidade