em

Instituto Aiba doa recursos para o Hospital do Oeste

Valor é oriundo da contribuição voluntária de vários segmentos da sociedade civil

Durante campanha que vem sendo realizada em prol do Hospital do Oeste (HO), o Instituto Aiba (Iaiba) já arrecadou R$ 100 mil, que serão usados na aquisição de materiais e móveis hospitalares e na adequação de 42 leitos para acolher pacientes afetados pela Covid-19. O montante foi repassado à maior unidade de saúde da região, a fim de equipá-la não só durante a pandemia, como deixar o seu legado.

Essa não é a primeira vez que o HO é contemplado com doações visando enfrentar o coronavírus. Recentemente, a unidade recebeu das entidades ligadas ao agronegócio aspiradores cirúrgicos, monitores multiparamétricos, materiais de higiene, limpeza e insumos hospitalares imprescindíveis para prestação de um atendimento seguro aos pacientes.

(Foto: Arquivo/Sesab)
(Foto: Arquivo/Sesab)

Esta segunda etapa da doação dá sequência às ações de enfrentamento à crise. O valor repassado é fruto da doação espontânea de agricultores, empresários, colaboradores da Aiba e do Instituto Aiba e sociedade em geral, que fizeram suas doações ao Instituto, que, por sua vez, repassou à administração do Hospital.

“Esse valor é o resultado da união de muitas pessoas. Cada um contribuiu com o que pôde. Quem tinha mais ajudou com mais. O importante é que a soma dos poucos resultou em um valor significativo, que vai ser muito útil agora e também quando tudo isso passar. Outro fator importante é sobre o uso do recurso. Ele terá destino certo e a sua aplicação vai ser acompanhada pelo instituto. Isso é responsabilidade social e fiscal”, pontua Celestino Zanella, presidente do Iaiba.

Segundo Zanella, a unidade hospitalar será beneficiada novamente com mais doações da entidade, já que a campanha não foi encerrada, e o Instituto Aiba continua arrecadando fundos com a finalidade de destinar à área de saúde.

“Sabemos que esta não é uma obrigação do cidadão, mas estamos vivendo uma pandemia e não podemos cruzar os braços. Se podemos contribuir de alguma forma, assim o devemos fazer. Ainda mais que a população oestina, independentemente de classe social e faixa etária, recorre ao HO, unidade administrada pelas Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), entidade filantrópica”, disse o presidente do Iaiba.

O diretor do HO, Ivanildo Oliveira reiterou a gratidão pelo Iaiba, grande parceiro do hospital. “Em nome do HO, agradeço a grandiosa ação do Instituto, que tão bem representa os agricultores da região, na captação de doações que foram revertidas para o fortalecimento da adaptação do Centro de Tratamento Covid 19, assim como, na aquisição de demais insumos, mobiliários e equipamentos, que são de extrema importância para os pacientes e proporciona mais conforto e segurança para toda nossa equipe. Os agricultores estão sempre atentos e disponíveis para proporcionar belas ações à nossa sociedade. Deixo aqui um forte abraço da Família HO/Osid e os nossos mais elevados sentimentos de carinho e gratidão”, pontua.

Da Redação, com colaboração*

Envie seu conteúdo para análise editorial: redacao@folhageral.com.br
Conheça as condições em https://www1.folhageral.com/termos-e-condicoes

(Foto: Acervo Pessoal / Renato Cipriano - Divulgação)

Influencer Mariana Castilho trabalha home office na quarentena

(Imagem ilustrativa/Freepik)

Prefeitura de Tabocas do Brejo Velho confirma primeiros casos positivos de Covid-19