(Imagem ilustrativa/Freepik)
(Imagem ilustrativa/Freepik)

A forma mais simples de empresas ganharem visibilidade no PageRank do Google é pagando por anúncios. Esse é um resultado imediato para promover mais vendas. Mas, para fortalecer os laços de engajamento e credibilidade na internet, outro método é utilizado: SEO para tráfego orgânico.

Um não exclui o outro, mas é importante ter um tráfego orgânico bem estabelecido para poder utilizar mais estrategicamente os anúncios pagos.

Isso porque promover uma página pode ser ideal em curto prazo, mas se não houver tráfego orgânico, depois que o anúncio sair do ar, a página não estará mais nos primeiros mostradores dos mecanismos de busca como o Google, Yahoo! e o Bing.

O que é tráfego orgânico?

Quando o site é mostrado na primeira página de busca e recebe essa posição de forma “natural”, temos o tráfego orgânico. É a conquista das primeiras posições de forma não paga, através da autoridade que o site possui em relação a uma palavra-chave pesquisada e, portanto, através do SEO. 

Como as pessoas lidam com anúncios pagos?

Dois ou três sites aparecem em primeiro lugar na página de resultados quando alguém pesquisa um termo no Google. Mas, eles são marcados como anúncios pagos. As pessoas, geralmente, não clicam nesses sites e buscam aqueles que se classificaram naturalmente, pois entendem que estes passam mais credibilidade. 

O tráfego orgânico é um meio disputado

Uma vez atingido o topo da classificação no mecanismo de busca, o site não cairá para a segunda página da noite para o dia, o que acontece quando o anúncio pago expira. Mas isso não significa que, uma vez atingido o resultado orgânico, você não precisa mais se preocupar. Pelo contrário: o SEO é contínuo e para concorrer com as outras páginas que agora disputam sua posição, você precisa manter o conteúdo relevante atualizado. 

SEO é a chave para se manter no topo das classificações

O SEO (otimização para mecanismo de busca) é uma técnica para posicionar um site em buscadores como o Google. Seu foco é a criação de conteúdos relevantes e otimizados com palavras-chave que focam na persona e no nicho específico sem comprometer a qualidade do conteúdo.

O SEO para tráfego orgânico começa com a pesquisa de palavras-chave passando pela criação de título, meta descrição e conteúdo relevante. Feito isso, o conteúdo precisa ser compartilhado nas mídias sociais em diversos formatos, isso ajuda a criar links que dirigem para sua página.

Se o conteúdo for original e relevante para o cliente em potencial, e os mecanismos de buscas puderem acessá-lo de forma limpa, sem ser um texto intricado, os parâmetros para o tráfego orgânico são cumpridos. 

Carolina Glogovchan

Colaboradora do Folha Geral - cada publicação é de responsabilidade da autora