Em 2021, o balão intragástrico ganhou as manchetes dos veículos de notícias após a cantora Jojo Todynho perder 14 quilos em apenas 25 dias de tratamento

Os quilos a menos eram visíveis, e é claro que o público ficou bem curioso em relação a esse procedimento, afinal, se tem algo que gera burburinho, é quando as celebridades parecem ter emagrecido “do nada”, e aí, fica o questionamento: como eles conseguiram? 

No caso da Jojo, um balão preenchendo o estômago bastou, e nenhuma dieta maluca ficou em evidência, pois ela revelou que foram apenas 25 de um tratamento seguro, mas o que mais você sabe sobre esse tal balão? 

De antemão, já adiantamos, é a intervenção de emagrecimento mais eficaz e menos invasiva em comparação a muitas outras conhecidas por aí. Afinal, 14 quilos em menos de um mês, não é bobagem! 

O que é o balão gástrico? 

É um procedimento que leva o mesmo nome do objeto responsável por ele, um balão de silicone maleável. 

O tratamento, por sua vez, consiste na colocação desse balão no estômago, que após colocado, é inflado para preencher boa parte do estômago. 

Imagine que tem uma bexiga cheia dentro desse seu órgão. Pronto? Agora pense, quanto espaço sobrou? 

Bem menos, não é? E, com pouco espaço, menos comida dentro dele. Lembra quando dizemos “não aguento mais comer, minha barriga está cheia”? Então, o intuito do tratamento é comer menos, pois o balão estará ocupando boa parte do estômago. 

Depois disso, a conta fica fácil, quanto menos comida, mais se emagrece, e é aí que está o tchan de todo esse procedimento. 

Sem milagres, sem cirurgias, sem mistérios. 

Como ele funciona na prática? 

Até aqui, bem interessante, nós sabemos, mas vamos logo ao que interessa, como é a colocação do balão? Pode colocar e sair comendo tudo o que vê pela frente, sem nenhuma dietinha? 

Antes da colocação 

Antes de mais nada, é preciso saber se você está apto para colocá-lo, mas sobre isso, logo iremos explicar. 

Durante 

Com tudo certo e dado o aval dos médicos, bastam no máximo 20 minutos de colocação. Essa, que ocorre com o paciente sedado por uma anestesia geral, para poder realizar a endoscopia. Depois desse pouco tempo, ele já acorda com o balão, pronto para voltar para casa. 

Primeiras semanas 

Durante a primeira semana, a dieta líquida é essencial, não queira extravasar e botar tudo a perder. Apesar da simplicidade da implantação, o balão continua sendo um corpo estranho, e o organismo pensa “opa, preciso me defender disso aqui.”

Essa “inimizade” do objeto com o restante dos órgãos só acontece nas duas primeiras semanas (no máximo), por isso algumas reações como enjoo, náusea e a sensação de barriga estufada são comuns, mas logo desaparecem

Após as primeiras semanas 

É nessa fase em que alguns pensam ser “um mar de hambúrguer e batatas fritas” — e não de rosas — com ondas de balança com números decrescentes. 

Mas calma, não é bem assim, e também não te enganamos quando dissemos que o balão intragástrico emagrece. Vamos explicar… 

O que acontece é que você precisa trabalhar em conjunto com ele, para que os resultados sejam melhores e mais rápidos. 

Quando vemos um prédio bem grande, nunca pensamos que só uma pessoa trabalhou naquela obra, afinal, apesar de até ser possível, seria bem mais demorado e trabalhoso

O tratamento com o balão é a mesma coisa, mas seus colegas de obra do corpo escultural são, principalmente: hábitos saudáveis e exercícios físicos

Como viu, não há nada que obrigue essas práticas, mas não há dúvidas que melhoram e tornam o tratamento mais rápido e satisfatório durante o 1 ano de intervenção

Durante esse 1 ano, é possível emagrecer quantos quilos? 

No geral, o esperado é que se mande embora até 30% do peso, mas tudo depende da dedicação do paciente. 

A pessoa que manteve uma dieta equilibrada, terá resultados mais satisfatórios do que a que não teve. Quem optou pela alimentação saudável + exercícios físicos, perderá ainda mais peso do que aquela que “só” fez dieta, e por aí vai. 

Quem apenas colocou o balão e nunca mudou nenhum hábito, também emagrece, pois seu estômago tem menos capacidade de armazenar comida, mas nesse caso, os resultados não serão tão expressivos, apesar de satisfatórios

Vantagens desse procedimento em relação aos outros métodos de emagrecimento:

Além dos benefícios em relação ao emagrecimento, o balão apresenta vantagens, se comparado aos outros métodos, dá uma olhada: 

  • não é invasivo, pois não precisa de cirurgia e internação; 
  • é facilmente reversível; 
  • pós procedimento e adaptação tranquilos e descomplicados; 
  • totalmente seguro e sem riscos;
  • por ser tecnológico, está cada vez mais acessível; 
  • o tratamento pode ser repetido quantas vezes o paciente achar necessário;

Como saber se estou apto a colocá-lo e quais são as contraindicações? 

Podem implantar o balão pessoas que: 

Tenham o IMC entre 27 e 35, ou seja, estão com sobrepeso ou obesidade. O IMC (Índice de Massa Corporal) determina a relação entre peso e a altura das pessoas. 

Como calcular o IMC? 

IMC = Peso (em quilos) ÷ Altura x Altura 

Exemplo: Uma pessoa com 1,70 e 75 quilos, calcula: 

Altura multiplicada por ela mesma: 1,70 x 1,70 = 2, 89 

Depois, o peso dividido por esse resultado: 75 ÷ 2, 89 = 25, 95

Nesse caso, a pessoa não estaria apta, pois seu IMC é menos que 27. 

Não podem implantar o balão pessoas que: 

  • têm doenças gástricas que podem levar à hemorragia, além de
  • esofagite grau III (ou maior);
  • insuficiência renal crônica;
  • cirrose hepática;
  • cirurgias prévias de hérnia hiatal, válvula anti refluxo ou gastroplastia redutora;
  • cirurgia prévia na área pélvica;
  • doenças inflamatórias ativas no trato intestinal;
  • transtornos psiquiátricos;
  • dependência de substâncias psicoativas;
  • distúrbios de colágeno ou autoimunes não controlados;
  •  estão grávidas ou em período de amamentação;
  • usam anti-inflamatórios não-esteroidais (AINES) continuamente.

Agora você já conhece tudo sobre esse procedimento não invasivo, cheio de vantagens e com grande potencial de perda de peso de uma forma leve e respeitosa com seu corpo. Então, que tal pensar sobre a colocação do balão gástrico e começar a se imaginar com o corpo que sempre quis, com muito menos esforço do que imaginou?

*Conteúdo colaborativo de SEO Marketing

Luiz

Colaborador do Folha Geral - cada publicação é de responsabilidade do autor