em

A pandemia já está controlada no Brasil?

Com volta às atividades e vacinação avançando, há falsa percepção de que população está protegida

(Imagem ilustrativa/Freepik Premium)

Apesar de agosto ser o mês com o menor número de mortes por Covid-19 do ano, os números ainda não indicam um controle da pandemia. O fim do isolamento social e a volta de muitas atividades antes restritas fazem com que a população tenha a sensação de uma volta à normalidade. No entanto, há ainda um grande número de mortes por dia.

Um novo fator de risco é a variante Delta, que chegou para trazer mais riscos. A Organização Mundial da Saúde (OMS) já alertou para um crescimento de mortes, devido à nova cepa do coronavírus. A variante Delta causa preocupação mesmo aos países que achavam que já haviam controlado a pandemia, como Israel e Estados Unidos.

(Imagem ilustrativa/Freepik Premium)
A pandemia ainda não acabou. É importante seguir as orientações sanitárias e evitar aglomerações
(Imagem ilustrativa/Freepik Premium)

A população que toma a primeira dose da vacina acha que está protegida e se coloca em situações de risco. A vacinação deve ser completa para diminuir a chance de complicação da doença. Mas, mesmo com as duas doses da vacina, as pessoas têm de continuar se protegendo e resguardando também a vida dos mais próximos.

Especialistas formados em faculdade de biomedicina, medicina e áreas de saúde analisam as quedas dos números de morte e a relação com o controle da pandemia. Os profissionais alertam a população para que continue usando máscaras, higienizando as mãos e mantendo o distanciamento social.

Uma pesquisa do Instituto Datafolha do mês de julho apontou que, pela primeira vez desde o início da crise do coronavírus, a maioria da população acredita que a pandemia está totalmente ou em parte controlada. Porém o número de mortes no Brasil ainda lidera o ranking mundial, e nem metade da população está com a vacinação completa.

De acordo com a mesma pesquisa, quase 80% dos brasileiros ainda demonstram sentir muito ou pouco medo do coronavírus, enquanto 60% da população acredita que a vacinação encontra-se mais lenta do que deveria. Houve, de fato, um recuo nas mortes no Brasil com o avanço da vacinação, mas a pandemia está longe de estar totalmente controlada. De acordo com a OMS, 80% da população deve estar com a imunização completa para que a pandemia esteja parcialmente controlada.

A OMS continua a alertar o mundo para que os países tenham cautela, já que novas variantes trazem novas ameaças e que somente as vacinas não seriam suficientes para que a imunidade coletiva seja alcançada. As mutações do coronavírus impõem um desafio, e estudos sobre doses suplementares se fazem necessários.  

*Este conteúdo foi publicado por um colaborador Publicar

(Imagem ilustrativa/Freepik)

Como usar o FGTS para realizar o sonho da casa própria?

(Foto: Sesab)

Bahia registra 596 novos casos de Covid-19 e mais 31 óbitos pela doença