em

Lula critica “cretinice” do governo na questão do vazamento de óleo no Nordeste

Ex-presidente lembra que problema atinge a região há 60 dias e até agora Bolsonaro “não pôs os pés lá”

Lula concedeu entrevista exclusiva ao Brasil de Fato na quarta-feira (23). Foto da entrevista exclusiva de Lula ao El País e à Folha. Foto: Ricardo Stuckert
Lula concedeu entrevista exclusiva ao Brasil de Fato na quarta-feira (23). Foto da entrevista exclusiva de Lula ao El País e à Folha. Foto: Ricardo Stuckert

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou a atuação do governo Jair Bolsonaro (PSL) diante do vazamento de petróleo que desde o final de agosto atinge as praias do Nordeste. Lula falou ao Brasil de Fato com exclusividade na quarta-feira (23)

“Não queremos saber de onde é o óleo, se é da Venezuela, brasileiro, iraquiano, iraniano ou é russo […] Nós queremos saber que o óleo está atingindo as praias brasileiras, que é uma das fontes de riqueza e geração de emprego no Brasil através do turismo e que, até agora, há 60 dias, o presidente não pôs os pés lá, não foi lá”, diz Lula.

::: “Precisamos recuperar o espírito rebelde do povo”, diz Lula ao BdF; leia na íntegra ::: 

Praias dos nove estados da Região Nordeste foram atingidos por petróleo cru. As manchas de óleo surgiram inicialmente na cidade de Conde, no litoral Sul da Paraíba.

A falta de transparência do governo sobre o desastre ambiental, de proporções ainda incalculáveis, foi duramente criticada. Além disso, a administração Bolsonaro não colocou em prática um plano de ação elaborado para conter situações como essas porque o colegiado responsável foi extinto em abril deste ano. 

“Ontem eu vi o ministro do Meio Ambiente [Ricardo Salles] dizer [que] o óleo é da Venezuela. Quem quer saber de onde é o óleo, meu Deus do céu? Se for dos Estados Unidos é bom? Se for de Israel é bom? Não […] Isso é de uma cretinice muito grande. E nós estamos vendo isso, sabe?”, afirma Lula. 

Confira trecho, veiculado na TVT, da fala do ex-presidente Lula sobre os vazamentos:

Sintonize

As videorreportagens do Brasil de Fato são exibidas na edição noturna do Seu Jornal, da TVT, de segunda a sexta às 19h. 

Para sintonizar a TVT, você só precisa de uma antena digital, interna ou externa. Na Grande São Paulo, o canal é o 44.1 (sinal digital HD aberto); na NET o canal é o 512 (NET HD-ABC); no UHF, a sintonia é 46; 13 na NET-Mogi; e Canal 12 na Vivo São Caetano do Sul.

Quem está fora de São Paulo, pode sintonizar a TVT com a parabólica, via satélite. É necessário direcionar a antena para StarOne C3 Freq: 3973 Mhz Pol: Vertical, DVB-s2; SR: 5000 FEC ¾. Confira mais informações neste link.



Patrocinador
Loading...

Brasil de Fato

Conteúdo exclusivo de Brasil de Fato - https://www.brasildefato.com.br

Keli Rodrigues - neuropsicóloga da Med Mais. Foto: Divulgação

Como controlar a ansiedade?

Ilustração. Foto: Reprodução

Para especialista, Brasil precisa aumentar o controle de velocidade nas vias