em

Instabilidade aumenta na costa norte do Nordeste

Áreas de instabilidade começam a aumentar na costa norte do Nordeste. Esse aumento está associado a influência da ZCIT – Zona de Convergência Intertropical

(Imagem ilustrativa/Pixabay)

Nesta quarta-feira, entre o norte do Maranhão e todo o estado do Rio Grande do Norte, o sol aparece, porém a ZCIT ajuda a espalhar muitas nuvens e possibilita a ocorrência de pancadas de chuva de moderada a forte intensidade com raios e rajadas de vento, inclusive nas capitais: São Luis, Teresina, Fortaleza e Natal. As cidades de Quixeramobim (CE) e Mossoró (RN) também ficam na rota desta chuva.

Os ventos úmidos que sopram do mar e chegam a costa leste do Nordeste deixam o tempo instável com muitas nuvens e chuva a qualquer momento do dia intercalando alguns períodos de sol entre Salvador e Maceió. Não há risco de chuva volumosa.

No litoral sul da Bahia, e entre Recife e João Pessoa, o sol aparece mais forte e chove de forma passageira. Nas demais áreas do Nordeste, o tempo permanece estável, devido a presença da massa de ar seco que inibe a formação de nuvens carregadas de chuva.

(Imagem ilustrativa/Pixabay)
(Imagem ilustrativa/Pixabay)

Costa norte mais instável

Na quinta-feira (14), as instabilidades aumentam ainda mais na costa norte do Nordeste e chegam até o litoral de Pernambuco. Nestas localidades, o tempo fica instável com previsão de chuva a qualquer hora do dia. Pode chover já pela manhã nas capitais São Luis, Fortaleza, Natal, João Pessoa e Recife.

Entre Maceió e o litoral sul da Bahia, o sol aparece e chove de forma rápida. Nas demais áreas do Nordeste, o predomínio é da massa de ar seco com sol forte, tempo firme e baixos índices de umidade relativa do ar.

PUBLICIDADE
(Imagem: Divulgação)

Day & Lara anunciam “Vai Ser Bão Pra Láive” para a próxima sexta-feira (15)

(Imagem: Divulgação)

Joelma confirma segunda live com troca de figurino, dança, cultura paraense e surpresas