O número de investidores aumenta no Brasil a cada ano. Para se ter uma ideia, a quantidade de pessoas que aplicaram dinheiro na B3 (Bolsa de Valores oficial do Brasil) triplicou durante a pandemia. Ao todo já são mais de 5 milhões de CPFs cadastrados. Mas, existem outras diversas opções para investir e ter a sua renda passiva.

E o que é isso, afinal de contas ? Basicamente, a renda passiva é quando você consegue aumentar a sua receita, sem necessariamente trabalhar mais para isso. Um exemplo mais claro é quando uma pessoa ganha na loteria e aplica o dinheiro na poupança. 

Por ser uma alta quantia (em alguns casos até milhões de reais) os juros fazem com que o rendimento só aumente. Muitas vezes, esse rendimento é associado à independência financeira. Isso porque uma vez alcançada, você não precisará mais trabalhar para ganhar dinheiro.

Existem diversas maneiras de você colocar isso em prática. Em alguns casos, é possível ter uma exposição ao mercado dos Estados Unidos e receber os dividendos em dólar. O jeito mais fácil de conseguir é comprar as BDRs (Brazilian Depositary Receipts). Esses são papéis que representam as ações das empresas que são negociadas nas bolsas internacionais. Os recibos vão para a Bolsa de Valores oficial do Brasil e quando existe o lucro, os investidores dessa empresa recebem sua parte na conta da corretora.

É importante destacar que quando existem essas aplicações em empresas estrangeiras, também há um fator que irá interferir diretamente no resultado: a diferença cambial. Você recebe os lucros em reais, mas de acordo com a cotação do dia. Existem BDRs que não tem paridade de um para um com as ações internacionais. Fique  atento. 

Outra forma de conseguir receber dividendos em dólares é atuar de maneira direta no mercado acionário dos Estados Unidos. O primeiro passo, nesse caso, é abrir uma conta em uma corretora norte-americana. Esse pode ser um processo mais burocrático e mais caro, devido aos custos da remessa internacional. A partir daí, o investidor vai ter uma série de possibilidades, como ETFs (fundos de índices) que por lá podem ter os dividendos distribuídos, diferentemente no Brasil.

Os economistas destacam que ter uma renda passiva em dólar pode ser bom para ter uma diversificação maior da carteira e principalmente pela exposição cambial. Conforme a moeda se valoriza, você ganha dinheiro junto. Mas, o ideal é buscar conhecimento e entender tudo que envolva isso, principalmente quando se fala em tributação. No caso das BDRs a isenção fiscal é válida para dividendos de até R$ 1.903,98. A partir disso, são tributados de acordo com uma tabela da Receita Federal.