em

O que é um pitch e como ele está sendo usado no mercado brasileiro?

O método que visa objetividade e criatividade pode ser tudo o que os empreendedores precisam para captar recursos

(Foto: Divulgação)

Muitas empresas e startups não saem do papel porque não conseguem recursos. Para resolver esse problema, há o pitch, uma ferramenta que ajuda na apresentação e na captação de investimentos. Basicamente, ele é uma maneira fácil de apresentar o seu negócio para a empresa que deseja investir.

No Brasil, essa técnica está sendo bastante usada para que novos empreendedores possam atrair investidores-anjo e, assim, colocar seus projetos no mercado. Além do uso empresarial, o pitch vem sendo adotado por jovens para a apresentação de projetos em concursos e eventos como o Desafio Jovem Inovador.

O que é um pitch?

A palavra “pitch”, em inglês, significa algo como “passo” ou “arremesso”. O pitch é o primeiro passo para o lançamento de um negócio. Essa ferramenta é bastante utilizada para a apresentação de projetos.

O pitch é uma apresentação curta e objetiva de um negócio. E o intuito dessa  técnica é ajudar empreendedores a venderem suas ideias em poucos minutos, sem se esquecer de nenhum detalhe importante.

Por meio de uma divisão de tópicos bem definida, o pitch ajuda na montagem de uma apresentação que destaque todos os principais pontos do projeto. Assim, o dirigente do negócio pode abordar pontos como público-alvo, mercado, diferencial, necessidade do cliente e solução oferecida, por exemplo.

Fazer um pitch pode ser a garantia de investimentos para o negócio. Essa técnica consiste no fato de que uma boa ideia pode ser resumida em poucos minutos. Se você precisa de muito tempo para explicar seu projeto, provavelmente, ele não é bom.

Principais elementos de um bom pitch

Não adianta ter um projeto excelente nas mãos, se você não consegue vendê-lo. O pitch é uma técnica para a elaboração de uma narrativa vendável para o negócio, ajudando a convencer as pessoas a comprarem os produtos e serviços apresentados.

Alguns elementos são essenciais para um bom pitch:

Objetividade

Apresentar o projeto de forma direta é a base de um bom pitch. Lembre-se de que a ideia dessa prática é conseguir resumir o seu negócio em poucos minutos, sem deixar nada importante de lado.

Storytelling

Contar boas histórias para ilustrar o problema é instigante, já que todo negócio visa resolver algum problema passível de estar presente na vida de muitas pessoas. E uma boa maneira de mostrar a necessidade do consumidor é contar histórias, essa é uma excelente forma de atrair a atenção de investidores.

Solução

Depois de contar o problema, é hora de apresentar uma solução. Assim, você pode mostrar como o produto ou serviço é útil e apresentar os diferenciais dele em relação aos concorrentes.

Exposição

Faça um teste ou ofereça um brinde: uma boa maneira de finalizar o seu pitch é fazendo um teste ou oferecendo uma amostra grátis do seu produto para os investidores.

Como atrair recursos para o meu negócio através do pitch?

Não adianta usar o pitch apenas para mostrar uma apresentação de sucesso, é preciso colocá-lo em prática. Com isso, você pode participar de eventos e concursos, que são ótimos para apresentar suas ideias para possíveis investidores.

O problema desses concursos é a enorme concorrência. Os investidores estão vendo diversas apresentações, já que são diversas ideias de negócios, então, é preciso ter diferenciais competitivos para angariar recursos para o seu projeto.

Mesmo com a concorrência, esses eventos são ótimos para captar recursos, já que costumam contar com a presença de diversos investidores em potencial. É isso que o seu negócio precisa.

Outra maneira de apresentar o seu pitch é realizando contatos com possíveis investidores. Para isso, é preciso fazer um bom networking, que pode ser feito em participações em eventos e congressos do seu segmento.

Esse networking pode levar você a ter a chance de fazer apresentações exclusivas para investidores. Isso lhe garante exclusividade para apresentar o projeto e lhe dá mais oportunidades de negociação. Por outro lado, você não terá mais investidores para apresentar seu trabalho, dependendo de apenas um.

PUBLICIDADE


Patrocinador
Loading...
PUBLICIDADE
(Foto: Divulgação)

Saiba como o novo Terminal Urbano de São José do Rio Preto está buscando um melhor atendimento ao público

Ilustração (Foto: Divulgação)

Saúde e viagem: o que fazer para evitar problemas quando for sair de casa