em

Setor de Serviços liderou geração de empregos na Bahia em 2018

O setor de Serviços liderou a geração de empregos formais na Bahia em 2018. De acordo com a Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), do Ministério da Economia, o segmento foi responsável por 30.557 novos postos de trabalho. As informações foram analisadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia da Secretaria do Planejamento (Seplan).

“Este segmento da economia continua firme em 2019, sendo o segundo que mais gerou empregos formais até o mês de setembro, com saldo positivo de 10.800 novos postos, atrás apenas da Construção Civil, com 15.240 no mesmo período, contribuindo, assim, para que a Bahia siga líder do Nordeste na geração de novos empregos com carteira assinada”, destaca o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro.

O estudo revelou ainda a predominância do setor, com 767.226 postos, correspondendo a 33,9% do pessoal ocupado no ano de 2018. Em dezembro do ano passado, o estado contabilizava 2.261.558 empregos formais, um ganho de 37.783 postos comparativamente ao registrado em dezembro de 2017, posicionando a Bahia como a quinta maior geração entre os estados brasileiros com expansão de 1,7% no total de empregos formais.

Outros cinco setores de atividade econômica revelaram incremento no estoque de empregos formais no período: Administração Pública (+5.123 postos, 0,85%), Serviços Industriais de Utilidade Pública (+3.509 postos, 16,60%), Extrativa Mineral (+2.104 postos, 14,26%), Construção Civil (+1.241 postos, 1,19%) e Indústria de Transformação (+625 postos, 0,29%).



Patrocinador
Loading...
Ilustração. Foto: Pixabay

Conferência Web.br 2019 discute os princípios fundamentais da Web

Ilustração. Foto: Pixabay

Lei que prioriza divórcio para vítimas de violência doméstica é sancionada: “Avanço”, diz especialista