em

Confira dicas para economizar combustível em tempos de crise

Com aumento de 41,6% apenas em 2021, combustível se tornou um dos maiores gastos para os brasileiros atualmente

(Imagem ilustrativa/Freepik)
(Imagem ilustrativa/Freepik)

A inconstância no preço da gasolina é um dos principais fatores que fazem os motoristas brasileiros perderem o sono. Apesar da baixa anunciada em março (19), onde o valor caiu para R$ 2,69, e do preço do diesel continuar o mesmo, na faixa de R$ 2,86, o cenário continua preocupando os consumidores.

Apenas em 2021 houve um aumento de 41,6% no valor do combustível. Em diversas regiões do Brasil, o preço da gasolina se encontra na faixa de R$ 5,00, o que acaba tornando o carro um artigo caro para o bolso no final do mês.

Visando ajudar quem não possui outra alternativa de mobilidade e até mesmo de renda além do carro, listamos abaixo dicas para reduzir os custos com o veículo, especialmente com o combustível: 

Tenha a manutenção em dia

Realizar uma manutenção periódica no carro pode ajudar muito na hora de economizar. Muitas vezes, peças quebradas aumentam o consumo de combustível, pois forçam outros componentes do veículo a funcionarem acima de sua capacidade normal para manter uma boa performance.

Além de ajudar na economia, esta prática aumenta a vida útil dos componentes, além de evitar surpresas indesejáveis no meio do trajeto, que, muitas vezes, custam bem mais que o dobro de uma manutenção preventiva.

Evite ponto morto

É um costume, entre muitos motoristas, rodar alguns trechos em ponto morto. Além de envolver a questão de segurança, esta prática também faz com que seja cortada a injeção de combustível.

Como não tem o engate de marchas, considerando que não existe a ajuda do freio-motor, o sistema de freios é muito mais exigido. Atualmente, os veículos que possuem injeção eletrônica possibilitam o gerenciamento automático do uso de combustível, com o auxílio de um chip eletrônico.

Assim, mesmo que o carro esteja engatado, o sistema não injeta combustível de forma desnecessária. Portanto, deixar o carro engatado na marcha mais alta, sem o uso do acelerador, pode resultar em uma economia significativa.

Prudência no trânsito é o ideal

Dirigir de forma prudente, além de garantir uma viagem tranquila para todos à sua volta, diminuir o risco de acidentes e a possível quebra do veículo no meio da estrada (na melhor das hipóteses), garante também uma economia significativa de combustível.

Como é exigido menos do carro durante o trajeto, consequentemente, não é necessário um consumo grande de gasolina.

Ar-condicionado apenas se necessário

Apesar de ajudar em tempos de calor, o consumo consciente do ar-condicionado auxilia na economia, pois o funcionamento do equipamento depende do motor, movido a combustível, no qual, fora o gasto considerável, também perde potência durante o uso.

Prestar atenção na vela e nos filtros

Mesmo que faça parte da manutenção preventiva citada acima, estes componentes realizam a ignição, fazendo com que o combustível e o ar se misturem, fazendo o motor funcionar. Quando ficam desgastados, o consumo fica completamente desregulado.

Os filtros de ar, óleo e combustível devem ser verificados com regularidade também, pois o funcionamento incorreto deste componente força o motor a trabalhar mais, diminuindo a vida útil de algumas peças.

Alugar um carro pode compensar

Uma das formas que podem compensar, caso realmente você não consiga se dirigir até o local a pé ou de bicicleta, é a modalidade de aluguel de carros mensal, justamente pelo fato de não precisar se preocupar com a manutenção do veículo nem com gastos relacionados – apenas o combustível que será usado para realizar o trajeto.

Avalie o conteúdo

(Imagem ilustrativa/Freepik)

Como comprar um óculos de grau perfeito

(Foto: Sesab)

Bahia registra 4.061 novos casos de Covid-19 e mais 133 óbitos pela doença