em

4 dicas para combater a insônia

Ilustração. Foto: Arquivo Folha Geral

O ato de dormir pode parecer simples para muitas pessoas, mas segundo dados da Organização Mundial da Saúde, 45% da população apresenta algum problema para dormir. As consequências não são apenas o cansaço e olheiras no dia seguinte, já que a privação do sono pode causar sérios impactos no nosso corpo e mente.

A insônia e seus sintomas

A insônia consiste em uma insatisfação com a qualidade do sono, sendo que isso pode estar ocorrendo por não conseguir dormir, acordar muito durante a noite ou acordar mais cedo do que gostaria. Pessoas que apresentam quadros de insônia podem sentir:

  • Sonolência;
  • Apatia;
  • Dificuldade para se concentrar;
  • Dificuldades para estudar ou trabalhar;
  • Instabilidade emocional.

Especialistas dizem que 8 horas de sono diárias são necessárias para que o indivíduo consiga repor as energias e estar pronto para o dia seguinte. Contudo, uma pesquisa realizada pela Royal Philips constatou que a média de horas dormidas diariamente na população mundial é de apenas 6,8 horas.

O que pode não estar deixando você dormir

A insônia pode ter causas com origens mais diversas, por isso é importante que um profissional sempre avalie as particularidades de cada caso. Porém, algumas das causas mais comuns são:

  • Estresse;
  • Ambiente;
  • Problemas na rotina;
  • Condições de saúde;
  • Passar a noite fazendo outras atividades.

4 dicas para combater a insônia

Em casos patológicos, o mais indicado é procurar a ajuda de um médico do sono, mas se este não é o seu caso e você quer ter noites melhores de sono, essas quatro dicas podem te ajudar.

1. Estabeleça horários

Criar uma rotina de sono é muito importante para aqueles que desejam dormir melhor. Estabeleça horários para dormir e acordar, não faça atividades que exijam muita concentração na hora de dormir, evite cafeína ou bebidas alcoólicas após as 18h e desconecte-se do aparelho celular.

2. Pratique exercícios

Corpo e mente estão sempre conectados, por isso mantenha o hábito de praticar exercícios físicos regularmente. Entretanto, evite atividades físicas muito intensas próxima da hora de dormir.

3. Arrume o seu quarto

Para dormir melhor, criar um clima aconchegante é essencial. Por isso, deixa a cama, a luz e temperatura agradáveis para você. Além disso, evite comer, ler ou trabalhar na cama, este deve ser o seu santuário do sono.

4. Adquira novos hábitos

Evite as famosas sonecas durante o dia e vá para a cama apenas quando estiver se sentindo com sono. Além disso, deixa o celular em modo noturno e se possível, entenda que os problemas do dia seguinte só acontecem após você acordar.

Dormir bem não te deixa apenas mais disposto para encarar as suas tarefas no dia a dia, mas também tem um impacto muito positivo na saúde do seu corpo e mente. No infográfico abaixo separamos um resumo com alguns motivos que podem estar fazendo você perder o sono, e o conteúdo completo você pode encontrar aqui.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE


Patrocinador
Loading...
PUBLICIDADE
Ilustração. Foto: Pixabay

Número de condutores embriagados aumenta nas festas de fim de ano

Ilustração. Foto: GOVBA

Setor da Saúde representa 6,8% do PIB da Bahia