em

O papel da escola no processo de desfralde da criança

Ao identificar o momento ideal para a criança, é preciso alinhamento entre pais e escola para tornar essa fase mais fácil e simples


Um dos maiores desafios para pais de crianças pequenas é saber qual o momento ideal para dar início ao processo de desfralde — tirar o uso das fraldas dos bebês –, pois esta é uma fase que traz mais responsabilidade e independência para a criança. Não há idade específica, pois isso varia de criança para criança, de acordo com o próprio tempo, podendo se iniciar a partir de um ano e seis meses ou então com três anos ou mais. 

É importante frisar que, antes de obter sucesso, a criança vai sujar as roupas e cama, por exemplo. Por isso, a duração do processo também é indefinida, podendo se estender por uma semana ou meses. 

Contudo, para não acelerar o tempo da criança e evitar frustrações, o desfralde é um processo que pode acontecer em colaboração entre os pais e a escola ou berçário, caso a criança já frequente.

Escolas que se dispõem a auxiliar nesse processo contribuem oferecendo uma maior estrutura física e atividades que trabalham o comportamento das crianças. Além disso, geralmente os colégios infantis e berçários possuem banheiros já adaptados para o tamanho das crianças, facilitando o uso dos vasos sanitários e pias, proporcionando mais autonomia. No entanto, é preciso ter um alinhamento e muita comunicação entre os dois lados. 

“Respeitar o tempo de cada criança é o principal passo para obter sucesso no desfralde. Tanto os pais quanto à escola devem tratar desse momento com bastante paciência e calma, pois isso contribui e muito para o desenvolvimento emocional da criança”, ressalta o psicopedagogo André Bachiega. Isso deve ser levado em consideração, pois se a criança tiver experiências negativas pode resultar em inseguranças futuras. “Manter o diálogo é o ideal”, finaliza André. 

Além de respeitar o tempo da criança, Sabrina Scabin Siroto, diretora pedagógica do Colégio Carlota Benedita, diz que durante o desfralde é importante tratar o processo de maneira natural, sem brigar e sem pressionar. “Para não confundir a cabeça da criança, é válido ir tirando a fralda em momentos específicos. Por exemplo, se tirar a fralda, inicialmente não coloque-a para dormir ou sair, mas faça tarefas comuns para que ela passe a entender o que está acontecendo e tenha controle da situação”, ressalta Sabrina. 

Ainda segundo Sabrina, quando inicia-se a temporada de calor, é o momento ideal para a escola começar o desfralde. “Agora que o inverno está quase terminando, nós damos início ao processo de desfralde. Isso ajuda na adaptação da criança”, complementa a diretora pedagógica.



Patrocinador
Loading...
Foto: Divulgação/PRF

Cocaína é apreendida com passageiro de ônibus na BR 116 em Vitória da Conquista

Ossamá Sato e Hulk Magrelo. Foto: Divulgação / Renato Cipriano

Mágico do SBT Ossamá Sato lança música do bordão ‘Ih, Compricô!’