em

Pets em apartamento: 5 dicas para manter a casa sempre limpa e organizada

Ilustração. Foto: Pixabay

Não é nenhuma novidade que uma casa espaçosa à moda antiga, com amplo quintal e um lindo jardim, torna-se uma opção cada vez mais rara nas grandes metrópoles. A verticalização urbana é uma tendência mundial e morar em apartamentos é uma realidade muito comum para muitas pessoas.

E como conseguir dar uma boa qualidade de vida aos nossos amados pets em espaços cada vez mais reduzidos e fechados? Basta seguir algumas etapas de adaptação do espaço e criar uma rotina adequada tanto nos cuidados com a limpeza e higiene como no desenvolvimento de uma rotina saudável para nossos amigos de patas. Veja essas dicas!

O piso certo conta muito

Por mais bem educado e treinado que um gato ou cachorro seja na hora de fazer suas necessidades, eventualmente vamos nos deparar com alguma surpresinha fora do lugar certo.

Para evitar que o odor permaneça no apartamento, opte por pisos de fácil limpeza como os vinílicos, cimento queimado e laminados, ou os impermeáveis como a cerâmica. Fuja dos tacos de madeira e de ambientes com carpetes, que, além de dificultarem a limpeza, podem ser o ambiente ideal para a proliferação de pulgas.

Reserve um espaço exclusivo para as necessidades do pet

Mesmo em apartamentos pequenos, seu bichinho precisa de um local específico para suas necessidades. Lavanderias e banheiros são boas opções para colocar a caixa de areia ou a tapetinho higiênico. Tenha em mente que esse local precisa ser limpo com água e sabão, então ele precisa estar próximo a portas ou janelas para ventilar bem.

Vale lembrar que esse espaço deve ser limpo todos os dias para evitar o mau cheiro e a presença de insetos.

Limpando os pelos pelo chão e móveis

Apesar de ser bem prático, o aspirador de pó é um equipamento barulhento que pode estressar e assustar seu pet. Varrer o apartamento com vassouras duras também não é o método mais indicado, já que pode levantar e lançar os pelos e poeira pelo ar e causar alergias aos humanos e bichinhos.

Invista em mop macio ou arraste os pelos suavemente com um rodo e pano de microfibra, recolha com a pá e descarte no lixo.

Uma dica de ouro para tutores de gatos ou de cães de pelos longos é calçar uma luva de borracha, como as usadas em cozinhas, e passar a mão pelas superfícies dos móveis. A textura da borracha remove os pelos com muita eficiência e sem esforço.

Atenção aos produtos de limpeza

Para higienizar os potes de comida diariamente, use uma esponja macia, detergente neutro e enxágue bem com bastante água corrente.

Já os produtos para limpeza mais pesada do chão e dos móveis, caminhas e cobertores deve ser ser específicos, desenvolvidos para o seu pet. Dê preferência aos desinfetantes e produtos orgânicos e com aromas leves, como lavanda, herbal ou citronela.

Lembrete muito importante: segurança!

  • Além de manter o apartamento sempre limpo e aconchegante para manter o bem-estar e a saúde de seu pet, não se esqueça que as telas de proteção são fundamentais e devem ser instaladas em todas as janelas, vitrôs ou qualquer entrada e saída de ar. Mantenha o ambiente sempre arejado, mas nunca deixe seu amigo exposto ao perigo de uma queda.
  • Guarde os produtos de limpeza, cosméticos e de higiene em armários trancados, longe do alcance dos pets.
  • Mantenha as lixeiras sempre esvaziadas, tampadas e em locais que seu pet não possa acessá-las.
Ilustração - cigarros contrabandeados apreendidos no Paraná. Foto: Divulgação/PRF

Campanha quer conscientizar caminhoneiros sobre riscos do transporte de cargas contrabandeadas

Ilustração. Foto: Pixabay

IX.br completa 15 anos de operação, consolidado entre os maiores Pontos de Troca de Tráfego Internet do mundo