em

Turismo de Bangkok ganha força com as redes sociais de moradores

Segunda cidade mais visitada do mundo em 2018, a região conta com publicações que exaltam a capital nos canais digitais

Turismo de Bangkok
Turismo de Bangkok. Foto: Divulgação

Seja na compra de pacotes turísticos ou apenas a passagem aérea, a capital da Tailândia, Bangkok, foi a segunda cidade do mundo a mais receber turistas em 2018, segundo a Euromonitor. O local já havia ficado em segundo lugar no ranking em 2017 e repetiu o feito no ano passado.

A Euromonitor é uma consultoria de mercado britânica que publica anualmente uma lista das cidades mais visitadas em todo o planeta, com base no total de pessoas que chegaram ao local a partir de outros países. Bangkok é um dos sete destinos asiáticos entre os dez mais visitados em todo mundo. Vale ressaltar que a Ásia conta com 41 cidades entre as 100 principais do planeta.

Bangkok é uma dessas cidades muito vibrantes e famosa por conseguir reunir uma diversidade incrível de alternativas para os turistas, com arte, bares, lojas, parques, restaurantes, vida noturna, spas e templos, entre outras possibilidades. Com cerca de oito milhões de habitantes, alguns moradores da capital se mostraram fortíssimos produtores de conteúdo, o que funciona como excelente ativo para o turismo local.

Assim, os turistas que planejam visitar a região podem ficar de olho em perfis dos residentes na cidade, pois podem encontrar diversas dicas. Abaixo, o leitor confere duas histórias de produtores de conteúdo que podem conceder belas sugestões aos viajantes.

Um deles é Kantapat Phutthamkul, jovem tailandês que sabe trabalhar muito bem suas redes sociais e é um dos maiores fotógrafos de todo o país. Curiosamente, ficou famoso com a publicação de vídeos no Youtube com tutoriais que ensinavam a tirar fotografia. Atualmente, Kantapat vive viajando pelo mundo e tirando foto de locais, paisagens e registros próprios do mercado de turismo. No entanto, mesmo conhecendo outros lugares o jovem tailandês não larga a capital de seu país. Em entrevista concedida ao jornal de Hong Kong, South China Morning Post, diz que vê uma mistura muito interessante em Bangkok, entre o que há de contraditório, como o velho e o novo, a paz e a bagunça, entre outras situações de contraste.

No Instagram, o tailandês pode ser encontrado pelo vulgo de “@golfwashere”. O perfil traz diversas dicas de quem conhece e é apaixonado pela cidade. Lá é possível se deparar com lugares conhecidos, alternativos, paisagens urbanas, templos, vida noturna e muito mais.

Aos viajantes que buscam dicas culinárias, há um cardápio de cair o queixo no perfil do blogueiro gastronômico e videomaker estadunidense Mark Wiens que vive em Bangkok. O norte-americano tem uma trajetória curiosa, por quando criança viveu na República do Congo, França e também Kenya, o que fez dele uma pessoa propensa a novas experiências e novas culinárias. Porém, Mark foi além e transformou sua paixão em profissão. Reside em Bangkok há mais de dez anos e contou ao South China Morning Post que vê um forte potencial gastronômico na cidade que, segundo ele mesmo: “reúne a culinária de todo o país”.

Mark Wiens pode ser encontrado no Instagram pelo endereço “@migrationology”. Também tem um site que atende pelo mesmo título de sua rede social.

PUBLICIDADE

Publicidade

Teste grátis por 14 dias. Se você gostar, assine utilizando o cupom: U4FJXY7TLEPVTET e ganhe 20% de desconto durante 1 ano. Saiba mais em: Conheça o G Suite



Loading...

Da Redação - Conteúdo Especial ★

Conteúdo fornecido por colaboradores não representam a opinião do portal

PUBLICIDADE
livro, books-1149959_1280

O impacto da crise das grandes livrarias nos futuros escritores

dinheiro, real, reais, ballots-1195013_1280

Aumenta a busca por empréstimo online