em

Falha do Windows Defender ressalta riscos das abordagens ‘monoculturais’ de segurança

Praga, 11 de Maio de 2017 – Na última segunda-feira, dia 8 de Maio, a Microsoft anunciou a atualização (um patch) do Windows Defender, corrigindo uma grave vulnerabilidade: na sexta-feira anterior, o pesquisador Travis Ormandy, do Project Zero, do Google, anunciou ter descoberto essa vulnerabilidade. O mecanismo pelo qual ela funciona, descoberto por ele e por sua colega Natalie Silvanovich, exige apenas que o Windows Defender faça a varredura de um e-mail ou mensagem instantânea enviados por um cibercriminoso. Em outras palavras, o sistema operacional poderia se envenenar usando sua própria vacina.

Ondrej Vlcek, vice-presidente executivo e Chief Technology Officer da Avast comentou esse tipo de risco:

“Embora o problema agora já tenha sido solucionado pela Microsoft, essa séria vulnerabilidade descoberta no serviço de segurança interno do Windows, o Windows Defender, ressalta os perigos de uma abordagem ‘monocultural’ à segurança digital. Este ano já pudemos ver uma rápida aceleração na sofisticação da tecnologia, nas estratégias e métodos empregados pelos cibercriminosos para contornar as medidas de segurança e alcançar os dispositivos das pessoas. Apoiar-se em apenas uma linha de defesa não vai resolver isso.

Por outro lado, dada a confiança usual das pessoas em seus dispositivos conectados, precisamos de uma real diversidade de segurança que permita a elas exercer justamente o direito à segurança quando estiverem online. Se não continuarmos a desenvolver e a encorajar a adoção de uma abordagem ampla e multi-camada, onde a segurança significa muito mais do que um antivírus podemos estar trabalhando justamente para os hackers.”

PUBLICIDADE

Publicidade

Teste grátis por 14 dias. Se você gostar, assine utilizando o cupom: U4FJXY7TLEPVTET e ganhe 20% de desconto durante 1 ano. Saiba mais em: Conheça o G Suite



Loading...

Da Folha Geral, em Salvador*

*Com colaboração de (agência, assessoria ou especialista)

PUBLICIDADE
Vinho Vale do São Francisco

Setur quer ampliar Enoturismo no Vale do São Francisco

Lei da transparência

Bahia lidera ranking de transparência entre os estados