em

Ato contra a reforma da previdência mobiliza agricultores em Petrolina; categoria se une a estudantes e servidores

A manifestação é parte de uma mobilização nacional do Dia de Luta em Defesa da Previdência

Manifestação contra a reforma da previdência em Petrolina-PE. Foto: Divulgação
Ato contra a reforma da previdência mobiliza agricultores em Petrolina; categoria se une a estudantes e servidores
Manifestação contra a reforma da previdência em Petrolina-PE. Foto: Divulgação

PERNAMBUCO – A proposta do governo federal de elevar para 60 anos as aposentadorias de homens e mulheres do campo, levou agricultores familiares de Petrolina (PE) a protestarem com estudantes, sindicatos e servidores públicos nesta sexta-feira (22), no centro da cidade. A concentração ocorreu na Praça do Bambuzinho, onde representantes de classe discursaram.

O ato começou por volta das 9h e prosseguiu com os manifestantes se dirigindo à sede do INSS, na Rua Tobias Barreto. De acordo com a presidente do Sindicato dos Agricultores Familiares (Sintraf), Isália Damacena, é inconcebível a forma como o governo tem lidado com a categoria. “Com essa reforma, as dificuldades para aposentadoria dos agricultores aumentarão mais ainda; e isso diante de um povo que só é lembrado nas horas da austeridade e do aperto”, lamentou.

Os agricultores não concordam com as novas propostas do Ministério da Economia, que, além da elevação da idade mínima, iguala os requisitos para homens e mulheres, elimina o auxílio dos sindicatos na hora da declaração de atividade rural e fixa o tempo mínimo de contribuição rural em 20 anos.

Conforme a organização, quase 1.500 pessoas se reuniram no movimento em Petrolina, seguindo a agenda nacional de protestos desta sexta-feira. Na Praça do Bambuzinho, estiveram lideranças sindicais de Lagoa Grande, Ouricuri, Dormentes e Afrânio; os vereadores Paulo Valgueiro (MDB) e Gilmar Santos (PT); o ex-deputado estadual e atual presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Odacy Amorim, e o deputado federal, Danilo Cabral (PSB).

Danilo, que já antecipou, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, seu posicionamento sobre a constitucionalidade da Reforma da Previdência, voltou a ser enfático. À Isália, afirmou estar se reunindo com diferentes sindicatos buscando entender suas aflições e que deve comprar a luta da categoria rural. “Ele disse que votará contra”, comentou ela sobre o deputado.

Ato contra a reforma da previdência mobiliza agricultores em Petrolina; categoria se une a estudantes e servidores
Manifestação contra a reforma da previdência em Petrolina-PE. Foto: Divulgação
Ato contra a reforma da previdência mobiliza agricultores em Petrolina; categoria se une a estudantes e servidores
Manifestação contra a reforma da previdência em Petrolina-PE. Foto: Divulgação
Ato contra a reforma da previdência mobiliza agricultores em Petrolina; categoria se une a estudantes e servidores
Manifestação contra a reforma da previdência em Petrolina-PE. Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Publicidade

Teste grátis por 14 dias. Se você gostar, assine utilizando o cupom: U4FJXY7TLEPVTET e ganhe 20% de desconto durante 1 ano. Saiba mais em: Conheça o G Suite



Loading...

Da Folha Geral, em Pernambuco*

*Com colaboração de (agência, assessoria ou especialista)

PUBLICIDADE
Roselena Campos conquista o Brasil com a perfeição da sua arte

Roselena Campos conquista o Brasil com a perfeição da sua arte

Alunas com deficiência visual são alfabetizadas em Braille na Escola Municipal Maria da Terra

Alunas com deficiência visual são alfabetizadas em Braille na Escola Municipal Maria da Terra