em

Ibovespa atinge patamar histórico e ainda tem espaço para subir, diz CMA

Na última quarta-feira (20/09) o mercado de renda variável (o IBOVESPA) demonstrou mais uma vez sua força atingindo o maior patamar histórico já registrado aos 76.419 pontos. A pergunta que todos os investidores querem saber é: “o IBOV vai continuar com essa alta?”

De acordo com estudo realizado pela CMA, empresa especializada em sistemas de informações, análises e negociação eletrônica para os mercados financeiro e de commodities, apesar de capciosa a pergunta, a resposta é “SIM”. O estudo aponta que vários indicadores monitorados pela empresa apontam para esse viés de curto prazo, a saber:

Juros

O país que já foi responsável pelo maior pagamento de juros reais do mundo (diferença entre juros e inflação) há muito tempo vem baixando suas taxas por conta do controle da inflação.

O próprio Banco Central em sua coleta semanal de indicadores com instituições financeiras (Boletim Focus) aponta para um cenário de juros mais baixos, em torno de 7,00% a.a., enquanto o mercado financeiro (curva de juros, monitorado pelo estudo) aponta para curva de juros de 90 dias o valor de 7,56% a.a.

Desta forma, o estudo revela que os investidores e analistas de mercado enxergam um cenário de menor apetite para juros.

Inflação

Outro ponto importante do estudo é a expectativa de inflação para o final do ano. A curva de inflação monitorada pela CMA aponta para uma inflação final de 2017 em 2,06% a.a. enquanto o BACEN mostra 3% a.a. para expectativa do mercado. O que revela também que os investimentos atrelados à variação de inflação devem ter um desaquecimento no curto prazo.

Títulos Públicos

O levantamento realizado pela empresa também demonstra que o apetite dos investidores pela renda fixa tem caído ao verificar os dados desde o início do ano até o mês de agosto, onde o número de clientes ativos no Tesouro Direto recuou 54,9%, veja tabela abaixo:

Tesouro Direto

jan/17

fev/17

mar/17

abr/17

mai/17

jun/17

jul/17

ago/17

Nº de Investidores Ativos

21.632

18.538

19.566

14.606

16.858

14.655

12.970

10.837

Mais uma vez reforçando a ideia de que está ocorrendo um maior movimento de investidores para renda variável, portanto, justificando a manutenção desse movimento de alta do IBOVESPA.

Ibovespa Futuro

Por fim, porém não menos importante, outro fator levantado pelo estudo é a Curva do Índice Ibovespa, calculado pela empresa, apontando que o principal índice de ações do mercado brasileiro sinaliza a continuidade desse movimento de alta, conforma a tabela abaixo:

ago/17

dez/17

fev/18

abr/18

Curva de Ibovespa

74.778

75.538

76.213

76.974

PUBLICIDADE

Publicidade

Teste grátis por 14 dias. Se você gostar, assine utilizando o cupom: U4FJXY7TLEPVTET e ganhe 20% de desconto durante 1 ano. Saiba mais em: Conheça o G Suite



Loading...

Da Folha Geral, em Salvador*

*Com colaboração de (agência, assessoria ou especialista)

PUBLICIDADE
Segunda Plenária de Suplementos Alimentares Aconteceu em São Paulo

Segunda Plenária de Suplementos Alimentares Aconteceu em São Paulo

Terminal rodoviário e sistema de abastecimento de água são inaugurados em Ibotirama

Terminal rodoviário e sistema de abastecimento de água são inaugurados em Ibotirama