Orelhões instalados na Praça Castro Alves. Foto: Seutec Studio
em de

Nenhum orelhão funciona em Tabocas do Brejo Velho

A Folha Geral verificou e não encontrou nenhum orelhão funcionando

Com o aumento de usuários de linhas móveis, os orelhões passaram a ser ignorados pela população, alguns não funcionam por falta de manutenção ou estão quebrados vítimas de vandalismo. Mas é só na hora da emergência que as pessoas percebem a importância do equipamento em boas condições de funcionamento, como foi o caso de uma turista em Tabocas do Brejo Velho, ela disse à Folha Geral que não encontrou nenhum orelhão em condições de uso.

“Precisei fazer uma ligação urgente de um telefone fixo e não encontrei nenhum aparelho funcionado, todos estão danificados”. Disse a turista que não quis se identificar.

Segundo a Oi, companhia responsável pelos telefones públicos na Bahia, Tabocas do Brejo Velho possui atualmente 46 aparelhos instalados, mas a Folha Geral só conseguiu encontrar 15, e nenhum funciona, em péssimas condições, alguns completamente danificados.

Procurada pela Folha Geral, a Oi se posicionou por meio de nota; confira:

“A Oi informa que possui cerca de 55.230 mil telefones de uso público instalados no estado da Bahia. Desse total, 46 em Tabocas do Brejo Velho. Os orelhões da Oi estão instalados em vias e estabelecimentos públicos e sofrem diariamente danos por vandalismo. No primeiro semestre de 2018, foram danificados por atos de vandalismo, em média, mensalmente, 6% dos orelhões instalados no estado. Os principais problemas decorrentes do vandalismo são: defeitos em leitora de cartões, em monofones e teclado, além das pichações e colagem indevida de propagandas nos aparelhos e nas folhas de instrução de uso, prejudicando o entendimento das orientações pelos usuários. Em alguns casos, as equipes da empresa consertam e limpam os aparelhos e eles são danificados no mesmo dia.

A empresa acrescenta ainda que mantém um programa permanente de manutenção de seus telefones públicos e conta com as solicitações de reparo enviadas à companhia pelo canal de atendimento 10331 por consumidores e por entidades públicas.”

Nenhum orelhão funciona em Tabocas do Brejo Velho
Orelhão completamente danificado na Praça Presidente Dutra em Tabocas do Brejo Velho (BA). Foto: Seutec Studio

Em abril deste ano, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) determinou que a Oi oferecesse ligações gratuitas nos orelhões em 11 estados e na Bahia até 30 de setembro, porém a determinação foi prorrogada até 31 de março de 2019. Medida imposta como punição à concessionária por não cumprir suas obrigações.

Nenhum orelhão funciona em Tabocas do Brejo Velho
Orelhão completamente danificado na Praça Presidente Dutra em Tabocas do Brejo Velho (BA). Foto: Seutec Studio
PUBLICIDADE

Publicidade

Teste grátis por 14 dias. Se você gostar, assine utilizando o cupom: LC3JQAWPE3XK74E e ganhe 20% de desconto durante 1 ano. Saiba mais em: Conheça o G Suite



Loading...

Da Redação

Saiba mais sobre a Folha Geral em: https://www1.folhageral.com

PUBLICIDADE
Flica 2018 é encerrada com debate sobre protagonismo da mulher negra na literatura

Flica 2018 é encerrada com debate sobre protagonismo da mulher negra na literatura

Zé Neto & Cristiano

Zé Neto & Cristiano se apresentam na cidade de Campinas (SP)