em ,

MP Eleitoral pede providências ao TRE contra carreata pró Bolsonaro, prevista para amanhã (24) em Salvador

Evento pode configurar propaganda eleitoral antecipada, proibida pela Lei das Eleições

Deputado Jair Bolsonaro
Deputado Jair Bolsonaro. Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O Ministério Público Eleitoral (MPE), por meio da Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia ajuizou pedido de providências hoje, 23 de maio, requerendo que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) da Bahia determine a suspensão da carreata em prol do deputado federal e pré-candidato à presidência Jair Bolsonaro, prevista para ser realizada no fim da manhã desta quinta-feira, 24 de maio, com saída do aeroporto de Salvador (BA) e suposta participação do político.

De acordo com o documento, de autoria do procurador Regional Eleitoral auxiliar Samir Nachef, a carreata pode configurar propaganda eleitoral antecipada, não devendo ser realizada. O evento vem sendo divulgado por meio de correntes no aplicativo Whatsapp. “A passeata, com participação do pretenso candidato, tem a nítida intenção de demonstrar que o candidato possui amplo apoio do eleitorado, explicitando ao eleitor que o mesmo possui grande “força eleitoral” para lograr êxito na vindoura campanha”, afirma Nachef no pedido.

Lei das Eleições – A Lei 9.504/97, em seu artigo 36, estipula que a propaganda eleitoral somente é permitida após o dia 15 de agosto do ano da eleição. No artigo 40, define que cabe as juízes eleitorais e juízes designados pelos Tribunais Regionais Eleitorais exercer o poder de polícia sobre a propaganda eleitoral, visando a adoção das providências necessárias para inibir práticas ilegais.

Confira a íntegra do documento ajuizado.

Número para consulta processual no TRE/BA: 0600351-47.2018.6.05.000

Da Folha Geral, em Salvador*

*Com colaboração de (agência, assessoria ou especialista)

Eures Ribeiro

Eures Ribeiro é empossado vice-presidente da CNM

Dra.Talita Rodrigues. Foto: RL Assessoria / Divulgação

Dra.Talita Rodrigues é a dentista responsável pelo sorriso de Valesca Popozuda e Mc Pocahontas