em de

Novo Hospital de Correntina é inaugurado

Foto: Ascom/P. M. Correntina
Novo Hospital de Correntina é inaugurado
Foto: Ascom/P. M. Correntina

Com investimentos de R$ 4 milhões feitos de 2017 para cá, a Prefeitura de Correntina inaugurou o Novo Hospital Dr. Lauro Joaquim de Araújo nesta quinta-feira, dia 28 de fevereiro. A nova unidade de Saúde conta com Pronto Socorro, Centro Cirúrgico e 45 leitos numa área construída de mais de 2.700m², em dois pavimentos, uma estrutura jamais vista na região.

Ao todo, a atual administração municipal investiu mais de R$ 3 milhões em equipamentos, aparelhos, móveis e toda estrutura para garantir o funcionamento do Hospital. O restante, que soma quase R$ 1 milhão, foi utilizado para concluir a obra, deixada com vários problemas que gestão anterior.

Novo Hospital de Correntina é inaugurado
Foto: Ascom/P. M. Correntina

“Encontramos a obra com problemas estruturais, licitações duplicadas, muita coisa por fazer e com 50% da obra concluída. Mas é o que sempre digo, nada resiste ao trabalho dedicado e sério. O Novo Hospital representa mais dignidade, esperança e vida para o povo e estou muito feliz por essa realização”, declarou o prefeito Nilson José Rodrigues.

Ao anunciar oficialmente a inauguração, o prefeito agradeceu pela oportunidade de viver aquele momento histórico.“Ninguém é capaz de medir a alegria que transborda do meu coração nesta noite. Vamos abrir as portas do Novo Hospital e peço que vejam como ele está bonito. Muito obrigado povo de Correntina por esta oportunidade”, destacou o prefeito.

Novo Hospital de Correntina é inaugurado
Foto: Ascom/P. M. Correntina

O engenheiro Lucas Araújo, acompanhou o prefeito Maguila desde o primeiro dia da retomada da obra. A dedicação do engenheiro foi elogiada pelo gestor municipal. Lucas fez parte da comitiva que visitou as obras do hospital, logo na manhã do dia 2 de janeiro de 2017, às 7h45, e foi dele a responsabilidade cuidar da obra. “Integrar essa construção é algo gratificante para qualquer profissional, principalmente para um correntinense apaixonado por sua terra”, afirmou.

Especialidades
A Secretaria de Saúde, Maria de Lurdes Sodré, falou da emoção que o momento representa e da dedicação do governo municipal em oferecer um atendimento de saúde, cada vez, melhor para o povo. “Alcançamos mais uma etapa na concretização de políticas de saúde definidas por este governo e que visam melhorar o acesso dos cidadãos aos serviços de saúde. A Obra, que inauguramos, vale como um atestado de nosso interesse por acelerar ainda mais o ritmo do desenvolvimento de nossa querida Correntina”, frisou.

Novo Hospital de Correntina é inaugurado
Foto: Ascom/P. M. Correntina

O Novo Hospital Dr. Lauro Joaquim de Araújo conta com atendimento 24h no Pronto Socorro e uma equipe de profissionais capacitada. “É um sonho se tornando realidade, contamos com uma nova estrutura, de primeira linha, para atender bem quem precisa. Vamos ter condição de atender os pacientes mais graves aqui no município e isso significa que vamos salvar mais vidas”, afirmou a secretária de Saúde, Maria de Lurdes Sodré, ao informar que o Novo Hospital terá dois leitos de Semi-UTI.

Nesta primeira fase de implantação, o Hospital contará com dois médicos plantonistas, especialidades em Neurologia, Urologia, Cardiologia e Cirurgia Geral. Além do funcionamento da maternidade, com capacidade para partos normais e cesáreos. De acordo com informações da Prefeitura, os serviços serão ampliados em breve com mais médicos e especialidades. Na lista de novidades estão os exames de eletroencefalograma e endoscopia, cirurgias ortopédicas e a instalação de leitos de UTI.

Novo Hospital de Correntina é inaugurado
Foto: Ascom/P. M. Correntina

Sobre a obra
O Hospital Dr. Lauro Joaquim de Araújo começou a ser construído em agosto de 2014, com a reforma da antiga estrutura e edificação do novo prédio. Ao todo, entre 2014 e final de 2016, a prefeitura gastou R$ 3,4 milhões na primeira etapa da obra. Técnicos constaram que a gestão anterior pagou cerca de R$ 800 mil em serviços que não foram entregues. Na lista estão as instalações elétricas, pias, extintores e outros itens. Fora isso, também foi liberado o pagamento de serviços em duplicidade, que já tinham sido feitos parte para primeira licitação da obra.

Quando assumiu o governo em janeiro de 2017, o prefeito Maguila encontrou a obra com problemas estruturais, sem o piso, portas e acabamentos e toda parte da ampliação do hospital por fazer. Por conta de problemas na licitação que tinha contrato até junho de 2017, uma nova licitação só pode ser feita depois do fim do contrato.

“A gestão que nos antecedeu gastou mais de 3,4 milhões para deixar a obra em torno de 50% concluída. A gestão de Maguila com menos de 1 milhão conseguiu fazer o mesmo quantitativo de serviço. Isso é compromisso com o povo, é responsabilidade.” explicou o engenheiro Lucas Araújo, responsável pela obra.

Depois de superar essas dificuldades burocráticas, a obra voltou com força total e os problemas foram sendo superados um a um. O último foi a instalação de um transformador para atender a demanda de energia do hospital. Os serviços custaram R$ 86 mil aos cofres públicos.

Com a obra concluída, a próxima etapa consiste em buscar parcerias com os governos estadual e federal para ampliar os serviços de saúde. Estrutura existe e aos poucos o Novo Hospital se tornará referência no atendimento médico.

PUBLICIDADE

Publicidade

Teste grátis por 14 dias. Se você gostar, assine utilizando o cupom: LC3JQAWPE3XK74E e ganhe 20% de desconto durante 1 ano. Saiba mais em: Conheça o G Suite



Loading...

Da Folha Geral, em Salvador*

*Com colaboração de (agência, assessoria ou especialista)

PUBLICIDADE
Governo da Bahia distribui 1 milhão de preservativos

Governo da Bahia distribui 1 milhão de preservativos e disponibiliza internet gratuita em Salvador

Papo Em Dia Especial - Musical Carnaval

Rede Brasil estreia temporada do programa Papo Em Dia Especial de Sábado