em de

Mulher Maravilha e outras obras: um reflexo da tendência feminista dos dias de hoje

mulher maravilha, wonder-woman-1016324_1920
Ilustração. Foto: Pixabay

Um dos reflexos das redes sociais foi o fato de que as pessoas ganharam um meio de exporem os seus pensamentos e as suas ideias, principalmente, as mulheres. Lutando contra um mundo ainda largamente dominado pelos homens, as mulheres do século 21 usam a internet para se unirem e lutarem pela igualdade dos gêneros. O que também trouxe um outro reflexo que é o aumento das mulheres em diversos segmentos da sociedade, inclusive no setor de entretenimento, tanto como telespectadores e como produtores, com obras diversas feitas para elas por elas. Nos dias de hoje, há uma grande tendência feminista globalmente, na qual as mulheres estão tomando o controle do que antes era dominado somente por homens. Além disso, as produções feministas estão fazendo um enorme sucesso, com diversas séries, filmes, livros, quadrinhos e jogos feministas. Abaixo vamos falar do maior sucesso feminista do entretenimento global: Mulher Maravilha e também de outras obras nesse mesmo contexto. Veja, também o trailer do filme abaixo:


O sucesso do filme Mulher Maravilha em números

Com apenas 4 semanas de lançamento, o filme Mulher Maravilha já se tinha tornado o maior sucesso de bilheteira da história dos filmes da DC Comics, arrecadando mais de 300 milhões de dólares somente nesse período. No total, o filme superou o Mamma Mia, arrecadando no total 652,9 milhões de dólares. A produção começou em 2015 e o lançamento mundial aconteceu em meados de 2017. A campanha de marketing do filme assemelhou-se com a da série de televisão Supergirl, a qual também é um sucesso. Ambas as campanhas tinham enfoque no público feminino de forma a estabelecer um relacionamento entre os telespectadores e as super-heroínas. Lynda Carter, que foi a primeira mulher maravilha no cinema norte-americano e faz hoje o papel de Presidente Americana na série Supergirl, foi a garota propaganda de uma das campanhas de marketing, relacionando assim o filme com o seriado. Essa campanha foi grande parte do sucesso do filme, gerando uma expectativa por ele. Outro fator bastante importante para o sucesso da série foi a atuação carismática de Gal Gadot, a qual também atuou em Batman X Superman e Liga da Justiça, ambos superados em sucesso pelo Mulher Maravilha.
Outras personagens feministas na realidade e na ficção.

Ilustração. Foto: Pixabay

A onda feminista não está somente nos filmes, mas atingindo também os jogos digitais. Foi criado até mesmo um indicador para ver qual a porcentagem de jogos feministas chamado Feminist Frequency. O projeto visa dar mais consciência desse mercado. Um ponto bastante positivo é que com o aumento de filmes com heroínas, há também a maior probabilidade de aumento de jogos com elas. Os fãs da Mulher Maravilha já estão cansados de esperar por um jogo da personagem, e estão fazendo pressão. Foi criado um jogo casual HTML5 en menos de 6 semanas, chamado Rise of the Warrior, o qual os fãs consideraram bem pobre, já que é uma manobra de marketing que acompanha todos os filmes da DC e por isso não traz nada de especial. A grande expectativa para que um jogo para video game seja lançado em breve, valorizando ainda mais essa personagem. Em comparação uma personagem que já está mais consolidada nesse meio é a Lara Croft que começou como personagem de videogame e já tem vários filmes para o seu crédito, entre elese Tomb Raider (2018) que conta com uma franquia de diversos outros produtos licenciados. Existem ambos jogos de console e jogos casuais para acompanhar a heroína, desde um game de ação-aventura para Xbox, Rise of The Tomb Raider até jogos móveis como o quebra-cabeça Lara Croft GO que pode ser comprado na Steam o jogo de ação Tomb Raider I da Square Enix para IOS e Android, Tomb Raider slots da Microgaming disponíveis no Betway Casino, ou Tomb Raider: Legend Mobile publicado po Eidos Interactive. Enfim, um jogo misterioso da Square Enix vai ser lançado em setembro 2018. O objetivo é ver cada vez mais esses personagens ganhando a frente e se tornando um mercado atrativo para as mulheres que gostam sim de jogar games e ter a mesma experiência de 360 graus com as suas heroínas favoritas.

O que o filme Mulher Maravilha 2 vai trazer em 2019?

Como o primeiro filme Mulher Maravilha recebeu excelente criticas e se tornou o filme de maior sucesso de bilheteria em 2017, haverá uma sequência que está prevista para ser estreada em 13 de dezembro de 2019. Essa sequência já está sendo produzida e foi anunciada na última Comic Con em São Diego, Califórnia, Estados Unidos. Ambas atrizes principal e diretora, Patty Jenkins, a qual é o grande nome por trás do filme Monster que deu o Oscar de Melhor Atriz para, voltam para mais uma produção. Patty quer trazer uma Mulher Maravilha nos dias de hoje, e também para América. Kristen Wiig, a qual foi a responsável pelo grande sucesso Bridesmaids, será a vilã do filme Mulher Maravilha 2, vivendo Cheetah.

Ou seja, estamos vendo que diversas produções estão acontecendo contando com um grupo de mulheres fortes tanto na frente como também nos bastidores. Ao redor do mundo inteiro, uma onda feminista está tomando conta, no qual as mulheres estão agarrando o que é de direito delas, ou seja, o mesmo lugar ocupado pelos homens. O que começou com a internet, hoje já está mudando a realidade de mulheres ao redor do mundo inteiro dando mais oportunidade para sabermos quem são as mulheres de hoje e o que elas querem.

PUBLICIDADE

Publicidade

Teste grátis por 14 dias. Se você gostar, assine utilizando o cupom: LC3JQAWPE3XK74E e ganhe 20% de desconto durante 1 ano. Saiba mais em: Conheça o G Suite



Loading...

Da Folha Geral, em Salvador*

*Com colaboração de (agência, assessoria ou especialista)

PUBLICIDADE
Anatel realiza mega operação em sete estados

Anatel realiza mega operação em sete estados

Fernanda Salgado

Fernanda Salgado apresenta nova turnê no CTN ao lado de Maiara e Maraisa