Como as práticas ESG nas empresas impactam no mundo
Siga nossas redes

Busque no site

Publicidade

Ambiente

Como as práticas ESG nas empresas impactam no mundo

Atenção se volta a práticas de empresas e seus impactos

Leitura: 2 minutos

ESG é uma sigla em inglês que vem das palavras Environmental, Social e Corporate Governance. Em português, podem ser traduzidas por Ambiental, Social e Governança. Essas são práticas cada vez mais incorporadas ao mundo corporativo. É uma forma de pensar na preservação do meio ambiente, no impacto social das ações, bem como pensar em métodos administrativos de forma ética.

Esses princípios impactam a forma de atuar das organizações. Elas pensam no planeta e seu bem-estar, além do lado social, com políticas para a diversidade e o relacionamento com a comunidade. Uma boa conduta corporativa complementa as diretrizes, como a prática da transparência fiscal, uma remuneração justa e a independência do conselho administrativo.

As empresas que levam em conta as práticas ESG conquistam os consumidores conscientes, que estão de olho na maneira com que esses negócios agem. Tanto consumidores, quanto investidores, estão interessados no impacto social e na natureza das empresas. Os consumidores e investidores estão atentos quanto ao uso racional de recursos naturais, à preservação da biodiversidade e à redução da emissão de gases de efeito estufa. Na área social, é imprescindível que as empresas respeitem os direitos humanos.

(Imagem ilustrativa/Freepik)
(Imagem ilustrativa/Freepik)

Houve também uma alta na procura da sigla no Google nos últimos anos, com um pico em 2021. O interesse cresce e as empresas já publicam relatórios anuais em que podem ser verificadas as suas práticas. A Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou os resultados de uma pesquisa que indica que, com mulheres na liderança das empresas, as notas de ESG são elevadas em mais de 50%. Quando as mulheres compõem a liderança do conselho, as notas altas ficam em mais de 70%.

As empresas que incorporam as práticas ESG acabam melhorando sua lucratividade e seu valor de mercado em longo prazo – é o que diz um estudo da consultoria BCG. Muitos estão atentos a essas práticas, e não somente ao desempenho financeiro ao investir. Um mundo mais sustentável se faz necessário, e o mundo dos negócios está atento a isso. Há diversos selos para comprovar a forma de atuar de uma empresa, mas é preciso prestar atenção na veracidade das certificações, se elas são realmente oficiais de organizações respeitadas.

A BlackRock, gestora de fundos, inclusive, anunciou que a sustentabilidade se tornaria um critério de decisão quanto aos seus investimentos. Os fundos que atuam de forma a incorporar estratégias relacionadas ao ESG também aumentaram seus ativos em mais de 30% em 2020, de acordo com a Bloomberg.

Colaboradora do Folha Geral - cada publicação é de responsabilidade da autora

Veja também

Notícia

Na trend, trabalhadores compartilham os benefícios que recebem das empresas

Notícia

Estudo aponta que região da Lagoa Azul, em Porto Seguro, deveria ser transformada em unidade de conservação

Notícia

Bahia inicia emissão nesta terça-feira, (9). Só faltam mais dois estados para todo o país aderir ao documento

Notícia

A primeira via do documento é gratuita. A solicitação deve ser feita no portal ou aplicativo ba.gov.br

Publicidade

Publicidade