Um levantamento realizado pela Closecare, startup focada em gestão de atestados médicos e saúde corporativa, mostrou que houve um aumento de 30% em afastamentos do trabalho motivados por transtornos mentais.

Enquanto isso, dados do Zenklub, maior especialista em saúde emocional corporativa, mostram que o índice de bem-estar do trabalhador brasileiro ainda é médio (61,7 – em uma escala de 0 a 100). 

Ilustração. Foto: Pixabay
Ilustração. Foto: Pixabay

Pensando nisso, a startup de saúde mental elencou os 4 principais sinais que podem indicar que o colaborador está precisando de assistência psicológica. Nem sempre o pedido de ajuda vem de maneira verbal, fazendo com que seja necessário que as empresas e lideranças se atentem aos pequenos detalhes.

“Implantar uma cultura baseada em segurança psicológica e cuidado emocional do trabalhador não é algo feito do dia para a noite, no entanto, é fundamental investir em melhorar o bem-estar do colaborador e estar atento aos sinais para oferecer um suporte adequado – cuidar da saúde emocional do colaborador é um caminho sem volta também para o sucesso do negócio”, explica Rui Brandão, CEO e Cofundador do Zenklub. Confira os sinais: 

Lapsos de memória

Com a rotina agitada, é comum acabar esquecendo uma coisa ou outra, entretanto, quando isso se torna frequente, é preciso ficar atento, pois pode ser um sinal de esgotamento. Logo, quanto antes essa exaustão for identificada, melhor. Caso ela não seja tratada corretamente, pode acabar desencadeando alguns problemas crônicos, como por exemplo, a depressão.

Dificuldades para dormir

A qualidade do sono é um dos principais fatores para se ter uma vida saudável, seja psicologicamente ou fisicamente, pois é dormindo bem que se recupera as energias para se ter um dia produtivo. Entretanto, caso a pessoa não durma bem, ela não restaura suas energias e seu cérebro não “faz a faxina” dos resíduos metabólicos que se acumularam ao longo do dia.

Sem contar também que é no momento em que se está dormindo que o fígado degrada o colesterol e o organismo produz hormônios importantes. Sendo assim, dormir bem se faz extremamente importante para manter o bem-estar, seja no trabalho, como também na vida pessoal.

Sentimentos Exacerbados

É comum terem dias em que os sentimentos estão à flor da pele, seja por um evento especial, ou por algo não ter dado tão certo assim. Porém, quando se torna constante, é preciso ficar atento, pois a irritabilidade, o estresse, e o próprio fato de estar sempre a flor de pele, são sinais evidentes de que seu colaborador precisa de ajuda.

Caso esse tipo de comportamento continue e não seja entendido e tratado, pode levar ao estresse e também à insônia, prejudicando a produtividade no ambiente de trabalho, e a dificuldade de exercer atividades simples do cotidiano.

Frases de Alerta

Em situações mais graves e complexas, ou seja, onde se tem risco de um profundo quadro de depressão e suicídio, se torna constante ouvir algumas frases que, na maioria das vezes, passam despercebidas, como “não vejo uma saída para mim” ou “não aguento mais”.

Frases desse tipo, são alertas e pedidos de socorro muitas vezes mascarados, e que para identificá-los, é importante ter a escuta ativa, para detectar o mais rápido possível o que está acontecendo, e buscar a solução correta.

De acordo com o psicólogo pós-graduado em Neurociências pelo Hospital Albert Einstein e parceiro da Zenklub, João Aversa, alguns casos estão relacionados à impulsividade, ou seja, se torna mais difícil que a família, amigos e pessoas ao redor consigam evitar o desenvolvimento e evolução do quadro, deixando claro então como estar atentos aos sinais é de suma importância.

O material completo falando sobre saúde mental e trabalho pós-pandemia pode ser baixado no site no Zenklub.

*Colaboração de VCRP Brasil

Aurora

Colaboradora do Folha Geral. O conteúdo é de inteira responsabilidade da autora e não expressa a opinião do Folha Geral