Uso da força em Hong Kong pode afetar acordo dos EUA com a China
Siga nossas redes

Busque no site

Publicidade

Internacional

Uso da força em Hong Kong pode afetar acordo dos EUA com a China

Presidente Trump falou a repórteres em Nova Jersey, no domingo

Leitura: 1 minuto
Foto: Isac Nóbrega/PR
Foto: Isac Nóbrega/PR

O presidente americano Donald Trump indicou que as negociações entre os Estados Unidos e a China podem ser afetadas caso Pequim faça uso de violência para conter manifestantes em Hong Kong.

Trump falou a repórteres em Nova Jersey, no domingo (18).

Ele expressou preocupação a respeito de “um novo incidente como do da Praça da Paz Celestial”, referindo-se a um ataque militar contra manifestantes pró-democracia ocorrido em Pequim em 1989.

Trump disse que caso Pequim decida pelo uso da força, será difícil fechar um acordo comercial com a China. E indicou que o congresso americano poderá tomar uma postura mais rígida em relação ao país, estragando o ambiente das negociações.

Trump disse acreditar que o presidente chinês Xi Jinping será capaz de resolver a questão por meio de conversas com os manifestantes.

Ele disse que quer que a situação em Hong Kong seja resolvida de forma humanitária, o que seria um desenvolvimento positivo para um acordo comercial.

Há expectativa de que Trump converse ao telefone com Xi Jinping em breve para pedir pela resolução pacífica da situação.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Quer anunciar? Clique aqui

Conteúdo exclusivo da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) - http://agenciabrasil.ebc.com.br/

Veja também

Notícia

Neoenergia Coelba registrou 435 ocorrências relacionadas ao furto de cabos nos primeiros seis meses do ano

Saúde

Em estudo nos EUA, participantes que reduziram a ingestão de fontes de carboidratos simples (como massas e doces) tiveram crises menos frequentes do problema

Notícia

Benefício é destinado aos consumidores que não atingirem um valor mínimo na conta mensal. Iniciativa visa oferecer um fôlego adicional aos clientes na gestão...

Notícia

Com 30 mil inscritos, iniciativa ensina sobre o mercado de crédito de carbono por meio de game

Publicidade

Publicidade