em

15 Perguntas que devem ser feitas ao cirurgião plástico antes de aumentar os seios

Conheça as principais questões que trarão segurança e confiança na sua decisão

Ilustração. Foto: Pxhere

Todo e qualquer procedimento cirúrgico exige cautela, não é verdade? Antes de aumentar os seios é muito importante saber quais são as principais complicações, riscos e até mesmo cuidados que você deve ter no pós-operatório. Mesmo sendo considerado um procedimento estético de baixa complexidade, a colocação de uma prótese de silicone pode causar alguns efeitos adversos, como rejeição do material, rompimento e alteração da sensibilidade da região da mama.

Todavia, uma conversa franca com seu cirurgião plástico é o suficiente para compreender os riscos e até mesmo a incidência dessas circunstâncias. Além disso, quaisquer outras dúvidas sobre o resultado final também devem ser esclarecidas antes do início da cirurgia.

Neste post, nós ajudaremos você a compreender alguns dos principais perigos da colocação do silicone. Também informaremos quais são as questões mais importantes que você deve fazer dentro do consultório para aumentar a confiança da sua decisão estética e evitar surpresas desagradáveis ou inesperadas ao longo do caminho.

Pronta para saber quais são as 15 perguntas mais importantes? Continue sua leitura até o final!

Pergunta #1: As próteses de silicone precisam ser trocadas?

Muitas mulheres não sabem, mas as próteses de silicone muitas vezes precisam ser trocadas ao longo da vida. Apesar de existirem algumas diferenças entre procedimentos e cirurgiões, saiba que é praticamente certa a necessidade para a troca desses implantes.

Portanto, não deixe de fazer esta pergunta ao seu cirurgião, sem se esquecer de mencionar o “prazo” para esta ocorrência. Normalmente, as próteses são trocadas a cada 10 anos em média.

Pergunta #2: Posso remover as próteses quando desejar?

Curiosamente nem todas as mulheres decidem ficar com o aumento dos seios durante toda a vida. Com o avanço da idade ou até mesmo do estilo de vida, podem surgir dúvidas quanto as vantagens estéticas.

Questione sobre a possibilidade de redução de seios no futuro e até mesmo sobre os possíveis problemas com o avançar da idade, como dores nas costas entre outros assuntos relacionados.

Pergunta #3: Só existem próteses de silicone ou existem outros materiais?

Muitas mulheres não sabem, mas existem vários outros tipos de próteses além do tradicional e conhecido silicone. Pergunte sobre esses outros materiais e sobre os benefícios e malefícios atrelado a cada uma das opções.

Pergunta #4: O procedimento gera alguma cicatriz?

Essa é uma pergunta que sempre deve ser realizada, especialmente porque existem diferentes tipos de incisão para a colocação das próteses para aumento de seios. Questione sobre essas variações e sobre as possíveis marcas posteriores.

Pergunta #5: Quais são as possíveis complicações?

Toda e qualquer cirurgia plástica pode causar algum tipo de complicação. Não se esqueça de perguntar sobre esses riscos e sobre como eles podem ser evitados ou tratados caso eles aconteçam.

Não se esqueça também de indagar sobre as condições raras que também podem ocorrer ao longo da vida e não somente após o procedimento.

Pergunta #6: O que esperar após a cirurgia?

Cada organismo responde de uma maneira, mas sempre existem algumas questões que são praticamente universais após qualquer tipo de procedimento invasivo. Pergunte sobre sangramentos, dor e demais assuntos do seu interesse.

Quanto mais você souber antes de se submeter à mesa de cirurgia, melhor.

Pergunta #7: As próteses para aumento de seios costumam se romper?

Outro assunto que deve ser amplamente debatido é o risco de rompimento das próteses para aumento dos seios. No passado, elas eram bem mais frequentes do que estamos acostumados a ver no presente, contudo, sempre é bom saber mais a respeito para ter mais segurança e até mesmo para saber prevenir os possíveis acidentes.

Pergunta #8: Existe a possibilidade de rejeição das próteses de silicone?

Apesar de serem bem modernas e bem aceitas pela larga maioria da população que se submete ao procedimento de aumento dos seios, em alguns casos mais raros é possível que aconteça algum tipo de rejeição.

Pergunte sobre as chances deste ocorrido e sobre alguns dos sintomas para saber como identificar essa condição.

Pergunta #9: Quais são os cuidados que devo ter após o procedimento?

Saiba que após a mamoplastia de aumento seu corpo estará diferente. Pergunte quais são os principais cuidados para manter sua saúde até o término da recuperação do pós-operatório.

Haverá diferenças no seu modo de dormir e até mesmo necessidade de utilização de um sutiã especializado para evitar desconforto e problemas na cicatrização.

Não deixe de tirar todas as suas dúvidas sobre esses temas.

Pergunta #10: Quanto tempo dura o período pós-operatório?

Pode parecer contra intuitivo, mas muitas mulheres esquecem de perguntar quanto tempo demora para ter recuperação total da cirurgia plástica.

Pergunte sobre o tempo médio e não se esqueça de indagar sobre algumas das suas principais atividades diárias. Nada melhor do que ter total certeza sobre seu tempo de recuperação para evitar surpresas desagradáveis na sua rotina.

Pergunta #11: Como me movimentar após a mamoplastia de aumento?

Antes da operação é interessante saber que no seu período de recuperação não é possível se movimentar de maneira totalmente livre.

Como as mamas estão localizadas acima do músculo peitoral, o movimento dos braços deve ser limitado e dentro do estipulado pelo seu cirurgião para que a cicatrização ocorra da forma mais rápida e satisfatória possível.

Indague sobre essas questões e não deixe de saber tudo a respeito.

Pergunta #12: Em quanto tempo posso voltar a ter relações sexuais?

Após a cirurgia de aumento dos seios, deve ser do seu conhecimento que o sexo está restrito — pelo menos nas primeiras 3 semanas após o procedimento.

Tire todas suas dúvidas sobre o tema e não se esqueça de respeitar cuidadosamente as limitações indicadas pelo médico.

Pergunta #13: Posso pegar sol depois da cirurgia?

Normalmente após a cirurgia a paciente está vedada a exposição a luz solar por pelo menos 30 dias. Essa restrição acontece por conta de um possível escurecimento das cicatrizes e das manchas rochas que ficam após a cirurgia.

Em muitos casos, este prazo pode se prolongar. Portanto, muita atenção e não se esqueça de questionar tudo a respeito para garantir uma recuperação ágil e sem nenhum tipo de adversidade.

Pergunta #14: O que costuma acontecer logo após a mamoplastia de aumento?

Essa questão é essencial para você poder se preparar para o que vem após o aumento dos seios. O normal de acontecer é um pequeno inchaço nas mamas e algumas pequenas manchas rochas, também conhecidas como equimoses.

Tudo isso é normal e faz parte da resposta natural do corpo ao procedimento invasivo. Porém, indague sobre todas as outras possíveis reações para ter um conhecimento maior sobre a cirurgia e sobre a resposta do seu corpo.

Pergunta #15: Quanto tempo depois posso praticar atividade física?

Como o movimento dos braços é restrito por um breve período de tempo, é notório que algumas atividades físicas também estarão sob algum regime especial.

A princípio, só será possível caminhar e realizar alguns exercícios mais leves e sem muita intensidade. Não se esqueça de perguntar quais são as atividades liberadas e quanto tempo leva para poder voltar a treinar sem nenhum tipo de restrição.

Movimentos bruscos podem gerar dor e problemas na sua recuperação. Portanto, todo cuidado é pouco!

Essas são as 15 perguntas que você deve fazer ao seu cirurgião plástico antes de se submeter a cirurgia de aumento dos seios. Tem alguma outra pergunta em especial? Escreva nos comentários logo abaixo!



Patrocinador
Loading...
Foto: Divulgação

Melaço da cana-de-açúcar está melhorando a produtividade da fruticultura no Vale do São Francisco