em

Como os pais podem ajudar no período de alfabetização dos filhos

Aprendizado do mundo de letras e palavras pode ser lúdico e divertido

A escola tem um papel fundamental no processo de alfabetização infantil. Os educadores, porém, têm de lidar com a heterogeneidade da sala de aula. Alguns alunos apresentam maior facilidade nesse processo, enquanto outros têm um ritmo mais lento de aprendizagem. As crianças também chegam na escola trazendo uma bagagem de conhecimento que trazem de casa, e a escola necessita encontrar métodos que se adequem a todos os alunos. O papel dos pais também se faz importante e pode colaborar em casa.

Com o isolamento social, imposto pela pandemia do coronavírus, os pais se tornaram necessários para complementar o trabalho dos professores. Para alunos mais novos, o ensino remoto apresentou dificuldades, e os pais tiveram de, muitas vezes, dar aula presencial para os filhos para completar o trabalho da escola. Mas não é somente durante o isolamento social e ensino remoto que os pais necessitam se engajar na alfabetização dos filhos.

Algumas atividades para educação infantil são fundamentais para despertar o interesse em apoiar as crianças durante a alfabetização. A contação de histórias é um fator importante no processo de expansão do universo das palavras. O vocabulário da criança vai aumentando e as palavras vão adquirindo sentido. O mundo se abre com novas formas de expressão.

(Imagem ilustrativa/Freepik)
(Imagem ilustrativa/Freepik)

Ouvir e cantar cantigas e canções também é uma atividade que incentiva a aquisição das palavras. Assim, o repertório da criança já é um tanto abrangente antes mesmo da alfabetização. Na escola, os professores lidam com muitos alunos, e, muitas vezes, é mais fácil para os pais detectarem as dificuldades dos filhos. Os pais podem apresentar diferentes materiais simples para leitura em casa.

A criança pode se envolver, por exemplo, na cozinha, lendo a receita para quem cozinha. Assim, se sente participativa e empoderada ao enviar uma mensagem do texto para a oralidade. Livros de iniciação na alfabetização também são de extrema importância. Enquanto, no começo da vida da criança, os pais leem para elas, expandindo seu vocabulário, na alfabetização, as crianças mesmo podem ler para os pais, em uma inversão de papéis.

É interessante transformar esse momento de aprendizado em um processo lúdico. A criança pode aprender sem mesmo perceber que está aprendendo, como no caso dela ler uma receita na cozinha. Os pais, assim, não precisam sentar e fazer daquele um momento de fazer lição de casa, em que a criança possa se entediar, mas incorporar atividades de leitura na rotina. Ao detectar as dificuldades dos filhos, os pais podem informar a escola e fazer um trabalho colaborativo.

*Este conteúdo foi publicado por um colaborador Publicar

(Imagem ilustrativa/Freepik)

O que é Open Banking e qual seu impacto no mercado financeiro?

(Foto: Sesab)

Bahia registra 386 novos casos de Covid-19 e mais 5 óbitos pela doença