em

Análise de crédito: como os bancos definem o limite do cartão?

Saiba quais são os critérios avaliados para concessão de crédito e o que pode aumentar o valor disponibilizado

(Imagem ilustrativa/Freepik)

O crédito é um instrumento financeiro que permite a um cliente a utilização imediata de recursos financeiros fornecidos por um banco. O principal benefício dessa modalidade é a possibilidade de pagar o valor utilizado posteriormente, assim como acontece nas compras feitas por cartão de crédito. 

Em outras palavras, uma instituição financeira “empresta” dinheiro ao beneficiário para que ele possa realizar a compra em determinado momento e pagar apenas no próximo mês. Isso significa que, no momento de uma compra no cartão de crédito, quem paga o valor ao estabelecimento é o banco.

Portanto, como forma de se proteger de possíveis inadimplências, as instituições financeiras disponibilizam um valor limitado ao beneficiário. Entretanto, para definir esse valor, os credores avaliam diversos fatores que ajudam a determinar a capacidade de pagamento e a responsabilidade financeira do cliente.

Como é estabelecido o limite do cartão de crédito?

Antes de mais nada, os bancos analisam o histórico de crédito do cliente. Isso quer dizer que contas antigas e atuais são verificadas para identificar pontualidade nos pagamentos ou inadimplências. Nesse sentido, quem tem um bom histórico de crédito se mostra mais confiável, e, por isso, tem mais chance de ter um limite de crédito maior.

A renda do cliente também é um fator crucial, visto que ela indica a capacidade financeira para arcar com os pagamentos do cartão de crédito. Sendo assim, o limite costuma ser uma porcentagem da renda mensal, variando a cada instituição financeira. 

Além disso, o banco também busca saber se o cliente possui outros compromissos financeiros, como empréstimos e financiamentos. Isso porque eles podem sobrecarregar o orçamento, visto que quanto mais contas a pagar, menor é considerada a capacidade de pagamento.

Nesse sentido, outro aspecto que os credores levam em consideração é o perfil de consumo. Uma pessoa que gasta excessivamente, por exemplo, se mostra menos confiável do que alguém que tem um consumo estável e responsável.

Por fim, o último aspecto analisado é o score de crédito, número que indica o risco de crédito de um cliente. Nesse critério, quanto mais alta a pontuação, mais confiável é a pessoa, ou seja, maior a chance de conseguir um limite mais alto. 

Além de proteger as instituições financeiras, o limite também serve para garantir que o cliente possa gerenciar o crédito de forma responsável, evitando a inadimplência. Conforme o tempo passa, no entanto, o banco pode aumentar o valor disponível para uso.

Quais são os critérios para aumentar o limite de crédito?

Como dito anteriormente, possuir um histórico de pagamentos pontuais é essencial. Isso porque demonstra compromisso e responsabilidade com as finanças. No caso, pagar as faturas em dia melhora a confiança do banco no cliente, o que aumenta as chances de ter um aumento no limite de crédito. 

É importante ressaltar que, toda vez que uma compra é feita no cartão, principalmente de valores mais altos, é preciso ter adquirência do banco. Isso significa que o credor precisa autorizar a compra. Por isso, é fundamental usar o crédito de forma consciente, ou seja, sem ultrapassar o limite disponível. Isso pode facilitar o aumento do limite, pois mostra a responsabilidade financeira. 

Da mesma forma, manter os dados pessoais e financeiros atualizados no banco ajuda na avaliação contínua do perfil e pode facilitar o aumento do limite. Outro ponto que justifica a liberação de um valor mais alto é um aumento na renda mensal do cliente. Uma promoção, por exemplo, indica maior capacidade financeira para lidar com gastos maiores.

Além disso, pessoas que mantêm um relacionamento longo e positivo com a instituição financeira também têm mais chances de receber aumentos no limite de crédito. Isso porque o banco já conhece o comportamento de consumo e o histórico de pagamento, o que contribui para uma maior confiança.

Aurora

Especialista em publicações diversas. Sempre pronta para analisar as pautas, adaptar ou ajustar os conteúdos.

Farol da Barra, Salvador/BA (Foto: Manu Dias/GOVBA)

Bahia segue liderando como melhor destino para fazer turismo

(Imagem ilustrativa/Freepik)

Chronoworking: saiba como funciona o modelo de trabalho baseado no relógio biológico dos funcionários