A energia solar como aliada na redução de custos da conta de luz
Siga nossas redes

Busque no site

Publicidade

Economia

A energia solar como aliada na redução de custos da conta de luz

Energia fotovoltaica tem baixa manutenção, não gera impactos no meio ambiente e pode reduzir em cerca de 95% a conta de luz mensal

Leitura: 3 minutos

A conta de energia elétrica tem estado cada vez mais alta, devido a vários fatores. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica, em março de 2024, há uma projeção de 5,6% de aumento – um índice maior do que o da inflação, que tem previsão de ser 3,7%. 

Exatamente por isso e pela preocupação com o meio ambiente, muitas pessoas estão procurando pela energia solar como uma alternativa na redução dos custos. Além disso, também há uma maior preocupação com o meio ambiente, o que leva à busca pelo uso de energias renováveis para reduzir danos ambientais. 

Mas, afinal, por que e como a energia solar pode auxiliar na redução dos custos? E como é possível implementá-la em casa? 

O que é a energia solar?

De modo geral, quando falamos em energia solar, estamos nos referindo à energia fotovoltaica. Ela é gerada a partir de painéis fotovoltaicos (também chamados de “placas solares”), que fazem com que a energia liberada pelo sol se torne energia elétrica. 

A placa solar é composta por células com camadas de silício. A camada mais fina tem carregamento negativo, e, quando a radiação solar a atinge, os elétrons são transferidos para a camada mais grossa da placa, e é assim que a energia elétrica é formada. Trata-se de um tipo de energia totalmente sustentável, renovável e limpa.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Quer anunciar? Clique aqui

Por que a energia solar é tão vantajosa?

A energia elétrica se tornou um componente essencial para a vida em sociedade. Afinal, é por meio dela que ligamos equipamentos eletrônicos para trabalhar, cozinhar, resfriar alimentos, assistir à televisão, etc. Justamente por usarmos a energia elétrica para basicamente todas as tarefas diárias, a conta de luz pode acabar pesando no orçamento. 

Nesse sentido, a energia fotovoltaica tem menos variações nos preços das distribuidoras de energia elétrica e faz o consumidor final economizar de maneira considerável. Além disso, por ser uma energia limpa e renovável, ela ajuda na preservação do ambiente, poluindo menos rios, e ainda valoriza o imóvel onde está instalada. Inclusive, os custos de manutenção são baixos: a vida útil das placas solares é de pelo menos 25 anos.

Como instalar o sistema de energia solar em casa?

Apesar de parecer uma “obra grande”, para instalar o sistema de placas solares, não é necessário fazer grandes mudanças na estrutura do imóvel. Na realidade, somente são necessárias as placas, os cabos para ligá-las e o inversor de tensão, o qual é o equipamento central para a transformação da radiação em energia elétrica.

Basicamente, o inversor recebe a radiação e devolve-a como energia elétrica nos padrões da rede disponível. Inclusive, é com ele que você pode consumir a energia elétrica da distribuidora somente no período noturno, e somente pagar a diferença na conta quando houver. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Quer anunciar? Clique aqui

Na prática, o sistema de painel solar pode diminuir em até 95% o valor da conta de energia. Um condomínio residencial em Cotia, na região metropolitana de São Paulo, fez a instalação das placas e conseguiu reduzir a conta de R$ 1.500 para R$ 171, segundo reportagem do portal R7.

Quando optar pela energia solar? 

Para decidir sobre o investimento, é preciso saber como funciona a energia solar, vantagens e desvantagens, preços, etc. Sendo assim, o consumidor deve avaliar cada um desses aspectos de modo a analisar se a instalação da energia fotovoltaica é vantajosa para a residência.

Apesar de ter um valor de investimento um pouco mais alto para instalação, o ideal é pensar na economia a longo prazo. Isso porque a redução de custos nas contas de luz, por exemplo, é bastante expressiva. Além disso, há também a redução de impactos no meio ambiente, bem como a valorização do imóvel caso seja colocado à venda no futuro. Cabe, portanto, ao consumidor avaliar o momento da instalação e equilibrar vantagens e desvantagens.

Especialista em publicações diversas. Sempre pronta para analisar as pautas, adaptar ou ajustar os conteúdos.

Veja também

Notícia

Neoenergia Coelba registrou 435 ocorrências relacionadas ao furto de cabos nos primeiros seis meses do ano

Saúde

Em estudo nos EUA, participantes que reduziram a ingestão de fontes de carboidratos simples (como massas e doces) tiveram crises menos frequentes do problema

Notícia

Benefício é destinado aos consumidores que não atingirem um valor mínimo na conta mensal. Iniciativa visa oferecer um fôlego adicional aos clientes na gestão...

Notícia

Com 30 mil inscritos, iniciativa ensina sobre o mercado de crédito de carbono por meio de game

Publicidade

Publicidade