(Imagem ilustrativa/Freepik)
(Imagem ilustrativa/Freepik)

Uma empresa que possui uma frota de veículos corporativos, independentemente de seu tamanho, precisa de uma boa gestão de frotas para que possa funcionar perfeitamente, de forma que não renda prejuízos para a empresa. Uma destas formas é um controle maior sobre as infrações de trânsito.

Esse controle é chamado de gestão de multas, que acaba sendo uma estratégia que se vale de ações para reduzir o número de multas e infrações que a frota causa, além de dar uma tratativa focada para que elas não se repitam. 

Mas, quando falamos destas ações, elas nem sempre precisam focar somente na pessoa. Um ponto que deve ser levado em consideração é a condição do equipamento que o condutor vai utilizar para trabalhar. Para isso, inserir um plano de manutenção preditiva, preventiva e corretiva, sendo a última usada somente em casos extremos, acaba sendo uma das melhores formas de você evitar problemas futuros com algum dos seus carros.

Pensando nessas atitudes, e em outras que podem fazer a diferença para a sua empresa, separamos aqui algumas formas de você evitar que este tipo de gasto chegue ao seu orçamento, ou se acontecer, formas de você gerenciar estas despesas. Sem mais delongas, vamos a elas:

Treine seus motoristas

Apesar de ser a primeira medida pensada para diminuir os custos, não deixa de ser a mais eficaz. Capacitar o condutor para que ele tome mais cuidado com o equipamento na pista e respeite a legislação de trânsito brasileira ainda é um dos melhores métodos para evitar este tipo de gasto.

Inserir uma espécie de premiação para os condutores que cumprirem metas de não ter nenhuma infração é uma boa forma de incentivar os motoristas para começarem com as boas práticas.

Documentação em dia

Nem precisamos comentar sobre a importância deste ponto. Porque uma documentação que esteja fora de ordem pode render uma multa caríssima, e dependendo da relevância, pode até mesmo gerar a apreensão do veículo. Uma dor de cabeça que não compensa.

Rastreamento de veículos

Atualmente, existem muitas tecnologias que podem ajudar as empresas a controlarem seus motoristas, como o rastreamento do veículo, que, além de possibilitar ver todo o trajetor realizado, também o funcionário contra roubos.

Outra tecnologia bastante usada são os tacógrafos; entretanto, estes são usados em veículos que têm capacidade para transportar mais de 10 passageiros, com capacidade máxima de tração superior a 19 toneladas.

Organização nas contas

Infelizmente, mesmo com todos os cuidados, as multas ainda podem chegar na sua empresa. Por isso, manter os processos organizados permite que você consiga pagar elas de forma antecipada e até mesmo solicitar descontos, o que pode ser uma ótima saída.

Telemetria

Isso possibilita identificar melhor os maiores agravantes que geram este tipo de despesas, e com isso, gerar ações mais assertivas para liquidar esta fonte de gastos, podendo ser treinamento de pessoal, manutenções, ou até mesmo a troca do equipamento.

Plataforma de gestão de multas

Novamente, a tecnologia pode se mostrar uma grande aliada para diminuir os gastos com multas por parte das frotas. Atualmente, existem diversas plataformas criadas especificamente para automatizar os processos de gestão de multas.

Isso permite que o gestor tenha mais tempo e espaço para formular estratégias, através de uma visão mais ampla da operação, histórico de ativos, gestão de ativos e outras variáveis, para chegar a uma solução mais adequada para o problema.