O teletrabalho é uma realidade cada dia mais presente nas nossas vidas mas isso não significa que a adaptação é fácil. O que antes era para ser algo que seria apenas por um período, em muitos lugares se tornou permanente.

As empresas perceberam que o custo associado ao teletrabalho é, em muitos casos, muito menor do que manter uma empresa fixa, mesmo que a empresa ofereça uma ajuda de custo aos colaboradores pela luz/água que eles gastam a mais em suas casas.

Mas, a nível social e também organizacional, como se adaptar a essa nova rotina?

A primeira dica importante antes mesmo de focar no trabalho é que antes e após trabalhar, é preciso se desligar e ter um tempo para si. Dessa forma, o dia será mais leve.

Assistir filmes, documentários, caminhar, ou até mesmo jogar e compartilhar momentos divertidos com outras pessoas pode fazer toda a diferença na hora de relaxar. Vários sites oferecem jogos diferentes, como é o caso do 22 Bet.

Ter esse tempo para si é algo que faz com que os dias sejam mais tranquilos e o trabalho remoto se torne uma satisfação.

Dicas para fazer com que o teletrabalho funcione

Agora, é preciso saber como fazer com que o dia-a-dia seja mais proveitoso dentro do trabalho.

Se organize

A organização é fundamental nesse novo método de trabalho, já que estamos em um local que não nos é diferente.

Nosso cérebro está a cada segundo fazendo associações e, para ele, nossa casa é um local de descanso e também de distração.

Lavar a roupa, esperar o técnico que irá fazer alguma manutenção, ajudar com tarefas domésticas que não foram possíveis de fazer no tempo livre, etc. As distrações são inúmeras mas é preciso ter muito cuidado para não entrar em uma fria.

Ter uma agenda com todas as obrigações do trabalho, seus horários e metas claras podem fazer com que o rendimento inclusive cresça.

Além da organização das tarefas, o ambiente de trabalho também deve ser organizado para dar ao cérebro a impressão de que aquele momento é realmente um tempo para focar nas tarefas.

Uma mesa e cadeira adequadas, além de um ambiente silencioso ajuda a concentração.

Tenha um momento de relaxamento 

Mas, assim como no trabalho presencial, é preciso ter momentos de interrupção para relaxar o corpo e a mente.

O correto é tentar parar por 5 minutos a cada hora sentado.

Ter esse tempo para alongar ajuda bastante o corpo e também a mente. 

Mantenha conversas diretas e claras

É muito mais fácil confundir ou não conseguir se expressar corretamente no mundo online. Por isso, é preciso ter uma comunicação direta, onde o receptor da mensagem possa entender toda a solicitação ou dúvida lendo a mesma apenas uma vez.

Uma boa prática é sempre reler a mensagem antes de enviá-la, com a percepção de um receptor.

Esse tipo de comunicação ajuda muito a que os projetos consigam fluir.

Outra dica é se organizar em relação aos passos a serem tomados e utilizar mapas mentais e métodos de planejamento para entender melhor o que está por vir e o que precisa ser mudado. 

Esses métodos muitas vezes conseguem clarear as dúvidas e fornecem um pensamento lógico para todos os envolvidos.

Fale por chamada

Algumas vezes as chamadas podem ser dispensadas por alongarem assuntos que podem ser resolvidos por mensagens mas, a interação entre colaboradores também é uma parte importante do trabalho.

Tentar interagir com os colegas torna o ambiente remoto um pouco mais amigável e menos solitário. E, além disso, algumas dúvidas podem ser tiradas com mais facilidade.

Reuniões de no máximo 15 minutos podem ser muito mais aproveitáveis que reuniões de horas. O nosso cérebro consegue focar melhor e também é mais estimulado.

Com essas dicas, o aproveitamento vai ser muito maior e trabalhar de forma remota será um benefício.

Nax

*Colaboração especial para o Folha Geral. O conteúdo é de inteira responsabilidade da autora