em

Dirigir na chuva: conheça os principais cuidados para evitar acidentes

É importante conhecer os principais cuidados para evitar acidentes dirigindo na chuva

(Imagem ilustrativa/Freepik Premium)

Todo motorista precisa conhecer os principais cuidados para evitar acidentes ao dirigir na chuva. Afinal de contas, esse é o cenário em que é mais provável acabar se envolvendo em alguma situação complicada por causa do risco de aquaplanagem. Isso porque não são todos os pneus que conseguem lidar bem com a pista molhada. Dessa forma, é comum acabar aumentando as chances de um acidente ao dirigir normalmente.

O Brasil é um país muito chuvoso por natureza. Em algumas regiões, a chuva é constante e existem mais dias chuvosos do que dias sem chuvas. Portanto, é natural que a pista molhada seja uma realidade constante para o motorista brasileiro, especialmente em determinadas estações do ano. Por exemplo, ainda que haja muito calor no verão, é normal que no fim do dia caiam as famosas pancadas de verão e a pista fique molhada.

Portanto, é importante conhecer os principais cuidados para evitar acidentes dirigindo na chuva. Quer saber quais são eles? Então siga a leitura abaixo!

(Imagem ilustrativa/Freepik Premium)
(Imagem ilustrativa/Freepik Premium)

5 principais cuidados para evitar acidentes dirigindo na chuva

1. Faça uma vistoria total antes de sair

Se está planejando uma viagem longa em época de chuvas, lembre-se de fazer uma vistoria completa em seu carro para evitar surpresas ao longo do caminho. Teste os freios, embreagem e a troca de marchas para garantir que eles funcionarão perfeitamente em caso de necessidade.

Afinal, a chuva ou a pista molhada são cenários que acabam exigindo mais do veículo. Você pode precisar daquela força extra no freio ou de um apoio maior da suspensão. Sem essa ajuda, pode ser que o carro dê um problema justamente onde ou quando não pode e você se envolva em um acidente.

Além disso, vale lembrar que você não quer ter um problema com o seu carro no meio da estrada sem o apoio de um guincho ou mecânico, não é mesmo? A revisão ajuda a evitar essas situações.

2. Mantenha os pneus em dia

Pneus carecas derrapam naturalmente em um dia de sol, na chuva então a probabilidade é muito maior. Faça a checagem dos pneus com frequência e troque-os quando começarem a ficar carecas. 

Se for uma viagem planejada, procure trocar os pneus já existentes no carro por pneus com tratamento especial para lidar com a chuva. Quanto maiores os sulcos do pneu, melhor a habilidade dele de repelir a água. Importante também verificar se o estepe está em dia, e se a pressão de todos os pneus está adequada.

3. Dirija em velocidade reduzida

A chuva impede a visibilidade nas estradas, portanto, caso esteja em alta velocidade, o tempo de resposta que você tem para reagir a imprevistos é muito menor. A alta velocidade também pode ocasionar derrapagem ao acionar o freio.

Portanto, a velocidade reduzida aumenta sua percepção na estrada, aumentando o tempo de resposta para lidar com possíveis acidentes à sua frente, frenagem brusca, animais na pista, deslizamentos e outras ações comuns durante fortes chuvas.

4. Mantenha distância do carro que está à sua frente

O Brasil é um dos países com recordes de acidentes fatais nas estradas. Muitos desses acidentes acontecem e afetam pessoas que não estavam envolvidas na batida, por causa do efeito de engavetamento. Ou seja: os carros estão tão próximos na estrada que não conseguem espaço ou tempo para se desviar de um acidente.

Por isso, há a recomendação de andar a uma distância aceitável do carro da frente. Os especialistas em segurança recomendam dois segundos de distância nesse caso.

Em situações de chuva, redobre a distância recomendada. Este aumento na distância entre o seu veículo e o da frente previne acidentes em cascata, caso o motorista perca o controle da direção, ou seja obrigado a fazer uma parada de emergência. Durante chuvas fortes, aumentam os números de vítimas de acidente,  principalmente porque, quando um veículo se envolve em um acidente, os carros que estão atrás não conseguem parar e acabam engavetando.

5. Não dirija com sono

O motorista deve estar sempre alerta na estrada, e com chuva, a atenção deve ser redobrada. A dificuldade de visualizar a estrada, o barulho da chuva e o calor no interior do carro favorecem para o sono, que por sua vez, contribuem para respostas lentas em emergências.

Ao sentir-se sonolento, busque a parada mais próxima e espere a chuva passar, ou descanse até que se sinta bem novamente para retomar a direção.

Pronto! Esses são os principais cuidados para evitar acidentes dirigindo na chuva. Aplicando essa rotina de hábitos no seu dia a dia, você definitivamente conseguirá dirigir de maneira mais segura e protegida, reduzindo os riscos de acidentes. Lembre-se de que, de acordo com a Ciência, são necessários 66 dias de repetição de uma atitude para que ela se torne um hábito. Portanto, exigirá um pouco de dedicação para que essas ações se tornem habituais no seu dia a dia. 

Da Redação, com agência*

*Com Agência de Notícias
Envie seu conteúdo para análise editorial: redacao@folhageral.com.br
Conheça as condições em https://www1.folhageral.com/termos-e-condicoes

(Foto: Divulgação)

Prefeitura de Formosa do Rio Preto cria auxílio emergencial para enfrentamento à pandemia

(Imagem ilustrativa/Freepik Premium)

Saiba quais são os 10 erros mais comuns ao fazer backup de informações