em

Como garantir uma fundação sólida para seu projeto de construção civil

Ilustração. Foto: Pixabay

A fundação é definida como a  base  estrutural de uma obra de edificação sendo aquela parte que fica situada abaixo do terreno. Uma obra de construção civil começa com a fundação que, como o próprio nome diz, será o alicerce de todo o resto da construção, sustentando a edificação durante toda a sua existência. Esse é o motivo da fundação carregar tanta importância, pois uma base sólida garante que sejam evitados acidentes, excesso de gastos para corrigir erros, prejuízos, brigas judiciais, problemas no edifício do tipo rachaduras e infiltração e todo tipo de dor de cabeça que pode surgir como  resultados de uma fundação insuficiente no início da construção. Os profissionais técnicos da construção civil sabem com uma fundação  mal feita conduz a consequências graves que podem levar à perda da obra toda. Como em todas as etapas de um projeto de construção civil é necessário que um profissional com conhecimento técnico suficiente faça um planejamento adequado da fundação da obra.

Importância do planejamento de uma fundação sólida

Um dos primeiros critérios para decidir a natureza da fundação de uma construção é entender as características do terreno na qual a obra será realizada, pois sob a fundação estará o terreno original e ele precisa ter resistência suficiente para suportar essa fundação, que vai suportar a edificação. A fundação recebe todo o peso e impacto do edifício, mas também os intemperismos climáticos que atuam sobre ele e será transferido ao terreno.

O tipo de fundação a ser estabelecido depende da natureza do imóvel como, por exemplo, se ele será usado como residência, para atividade comercial ou industrial. Isso vai conduzir a decisões sobre as características dessa fundação que definem os atributos que vão garantir a segurança da edificação baseada na sua função. É necessário um estudo profundo da estabilidade do solo e verificação da resistência às cargas, de afundamento e propagação deste solo, além da capacidade de drenagem e um levantamento sobre a necessidade de uso de tecnologia de estabilização de solo mole que precisa ser definida para que o solo consiga fazer a distribuição adequada da tensão e tenha resistência para aguentar a fundação.

Além de considerar o tipo de imóvel a ser construído e fatores geotécnicos do terreno, também é necessário entender um pouco sobre a profundidade e distribuição do lençol freático na área coisa, o que interfere na estabilização e capacidade de resistência à tensão no solo. Através de todas essas sondagens o técnico tem um conjunto suficiente informações para um bom projeto.

Tipos de fundação para construção civil

É muito importante entender os tipos de fundação utilizados em obras de construção civil para que sejam escolhidas adequadamente o tipo de base a ser escolhida para sua obra. Basicamente existem as fundações rasas e fundações profundas dependendo da intensidade da escavação a ser realizada.

Construções que possuem fundações rasas são caracterizadas por baixa escavação, ou seja, pouca remoção de sólidos do terreno e isso resulta em uma espessura de superfície de apoio relativamente estreita. Por isso é necessário o levantamento detalhado da resistência suficiente do solo para uso desta fundação. A vantagem das fundações rasas é o custo reduzido e a economia de material, mão de obra e tempo para seu estabelecimento. Por outro lado, fundações profundas são mais resistentes, oferecendo um apoio mais sólido aos edifícios características das fundações profundas que requerem a remoção intensificada de solo, o que leva a um maior emprego de tempo, recursos financeiros e mão de obra, ou seja,o custo das fundações profundas é muito maior mas oferecem um suporte muito mais sólido. Dependendo da escolha do tipo de fundação a ser utilizado, isso também influencia no tipo de material a ser empregado nos no projeto.

Portanto, a primeira etapa de um projeto de construção civil que é a fundação deve ser levada muito a sério, pois a partir daí será definido o sucesso de todo o projeto de construção. Atenção suficiente deve ser dada ao planejamento e execução desta etapa. O conhecimento profundo da topografia do solo incluindo informações sobre lençóis freáticos no local, seguido de decisão sobre o tipo de fundação escolhido para então prosseguir com os tipos de material a ser utilizado e dimensões da obra garantem os melhores custo-benefício, segurança e durabilidade do seu projeto. É muito importante prezar pela qualidade de material a ser utilizado e nos profissionais e um corpo técnico capacitado para obtenção de um projeto com segurança, qualidade e utilização ótima de recursos durante o planejamento, execução e vida útil por muitos e muitos anos.



Patrocinador
Loading...
Foto: Divulgação/PRF-BA

Carga de celulares avaliada em quase cem mil reais é apreendida pela PRF em Feira de Santana

Ilustração. Foto: Anatel

Brasil conta com 16,3 milhões de acessos de TV por Assinatura