Você já percebeu se quando está concentrado em alguma coisa, começa a “morder o nada” ou ranger os dentes? Muitas pessoas já passaram por essas experiências e muitas das vezes não sabem que tem bruxismo.

Bruxismo é o hábito de ranger ou apertar os dentes, causado por questões psicológicas, acomete o músculo da mastigação e faz com que os pacientes tenham desgaste dentário e chance de perder os dentes.

Principais fatores do bruxismo

No bruxismo, são fatores genéticos e hereditários que interferem, inclusive, em mordidas erradas. Mas o motivo mais comum por trás desse problema, é a questão psicológica.

O bruxismo é um dos principais responsáveis pelo desgaste exagerado nos dentes. Quando se mastiga, pelo contato dental, acaba gerando esse atrito constante ao longo dos anos.

Quando os dentes estão com o esmalte excessivamente desgastado, é um sinal de que você está esfregando muito as dentições.

A sua mordida também pode sofrer alterações, dores de cabeça, articulações doloridas, ou seja, a cabeça está toda ligada com essa região.

O bruxismo é um comportamento inconsciente e ele pode ser classificado em 3 tipos, como:

  • Apertamento dental;
  • Deslizamento;
  • Impacto;
  • Bruxismo noturno.

O bruxismo de apertamento dental é quando o paciente encosta os dentes um no outro causando uma pressão.

Bruxismo por deslizamento acontece quando o paciente raspa os dentes uns nos outros, aumentando as chances de desgaste.

O bruxismo de impacto é quando colide os dentes um no outro de forma inconsciente e constante.

Considera-se o bruxismo noturno como um dos mais comuns e graves, podendo ser todos esses tipos, realizados no momento do sono.

Se você tem bruxismo,há algum tipo de tensão muscular, que pode acarretar problemas e dores na região. Caso utilize prótese, sua prótese fixa dentária poderá se desgastar.

O bruxismo também se atrela a qualidade do seu sono, caso tenha dificuldade de dormir ou um assunto relacionado, é possível que esteja desenvolvendo o bruxismo.

Tratamento para o bruxismo

Os tratamentos podem envolver etapas diferentes de acordo com o caso do paciente.

É importante ter como opção a ortodontia, que é o aparelho de dente transparente, ele vai agir sobre a arcada dentária, alinhando e corrigindo esse mal encaixe. Fará com que no momento que o paciente fechar a boca, haja uma harmonia.

No tratamento pode ser usada uma prótese, porque a perda de dente é uma das consequências mais graves.

Pode ser feita a utilização de placas miorrelaxantes, geralmente transparentes, indicada aos pacientes no momento de dormir. A plaquinha será desgastada e terá guias de desoclusão.

Podem ser utilizadas as placas de uso funcionais, das quais são semelhantes às miorrelaxantes, mas geralmente são solicitadas para os pacientes usarem por mais tempo, até mastigar com elas, porque está num estágio severo que se não for assim, não impedirá o bruxismo.

Em casos muito extremos, pode ser realizada uma cirurgia para substituição dentária ou bichectomia, caso o tipo desenvolvido também machuque a parte interna das bochechas.

Bruxismo e questões psicológicas 

O acompanhamento de um profissional psicológico é extremamente importante durante um tratamento de bruxismo.

O rangimento dos dentes é um hábito comportamental do indivíduo, desencadeado pelo sistema nervoso que aumenta a atividade muscular. Ou seja, ao ficar muito nervoso, o próprio organismo involuntariamente aumenta a atividade muscular na maxila.

 É comum, que pacientes com bruxismo, apresentam sintomas de ansiedade, o que também está ligado a uma questão psicológica.

Quando há identificada a causa desse estresse, é possível que você tenha um controle melhor sobre a situação, podendo procurar uma clínica de odontologia e uma psicóloga.

A mastigação é um ato muito saudável no nosso organismo, porque elas nos provocam prazer, alívio, bem-estar e funciona como uma compensação das emoções, ou seja, às vezes está muito nervoso com algo, come alguma coisa e fica mais tranquilo.

A terapia cognitiva, é mais voltada para o presente. Como está acontecendo na situação presente, é necessário tratar aquilo que está incomodando o paciente.

Tanto no consultório de odontologia quanto no de psicologia é importante que ambos os profissionais se comuniquem sobre aquele paciente, e cheguem à conclusão de qual tratamento será melhor para ele. 

Cuidados para quem tem bruxismo

Um dos resultados mais severos do bruxismo é o problema na ATM, articulação temporal mandibular, que pode causar desgastes dos dentes e dores de cabeça.

Pacientes que sofrem com isso podem fazer atividades de relaxamento e meditação, pois isso aliviará as questões psicológicas, resultando na diminuição da atenção muscular.

Tentar amenizar o estresse diário, melhorar a quantidade do sono e a sua qualidade também. Caso persista, procure um dentista urgência 24 horas.

Se divirta, saia com a família, amigos ou sozinho, busque um jeito de ser feliz e aliviar o estresse.

*Conteúdo colaborativo de Top News Tech

Aurora

Colaboradora do Folha Geral - cada publicação é de responsabilidade da autora